Notícias

Espanha pode se tornar o primeiro país na Europa a oferecer licença menstrual

Um projeto de lei deseja aprovar licença menstrual de 3 dias para mulheres que sentem fortes dores durante o período

Um projeto de lei, na Espanha, será enviado para o executivo na próxima semana com o objetivo de aprovar uma licença menstrual de três dias para mulheres que sentem fortes dores durante o período. Caso aprovado, a Espanha se tornará o primeiro país na Europa a oferecer esse tipo de licença.

A secretária de Estado da Espanha para a Igualdade, Angela Rodriguez, é uma das liderencas do projeto e, em entrevista, ela esclarece o que é uma menstruação dolorosa. “Não estamos falando de um leve desconforto, mas de sintomas graves como diarreia, fortes dores de cabeça, febre”, afirmou

O projeto de lei envolve outros temas sobre a saúde da mulher como, por exemplo, a ampliação do acesso ao aborto. O PL deseja aprovar que meninas a partir dos 16 anos tenham acesso a interrupção da gravidez sem a autorização dos pais.

NOTÍCIAS

Motrando os pelos nas axilas, filha de Madonna posa de lingerie e dá aula de amor próprio

Condutora que estava em alta velocidade viraliza por sua desculpa inusitada

México deporta travesti brasileira que iria ministrar palestra em evento internacional

O “herói sedutor” e a “louca”: relato da mulher sobre o caso com morador de rua expõe uma sociedade doente

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM