Notícias

O “herói sedutor” e a “louca”: relato da mulher sobre o caso com morador de rua expõe uma sociedade doente

Enquanto o morador de rua se tornou uma celebridade e “herói sedutor”, a mulher que sofre com problemas psicológicos foi taxada de louca e precisou fechar seu negócio e mudar de cidade

Em março deste ano, a história de Gilvado Alvez de Souza e Sandra Mara Fernandes ganha repercussão na mídia e nas redes sociais. A mulher, que sofre com problemas psicológicos, teve um surto e acabou tendo relações sexuais com o morador de rua.

O marido de Sandra encontrou os dois e acabou agredindo Givaldo. A repercussão da história decidiu levar em consideração somente o lado de Givaldo, que acabou sendo entrevistado e ganhando repercussão nacional como um “herói sedutor”. Já

Sandra, que foi internada, não teve sua história contada e logo foi taxada como “louca”, “promiscua”. Foi somente no último domingo (1) que Sandra teve a oportunidade de contar sua história em entrevista à Folha de S. Paulo. Seu relato confirma algo que já estava bem identificado: “vivemos em uma sociedade machista”, como ela mesmo ressaltou.

Sandra contou que após a situação teve que fechar seu negócio e mudar de cidade devido aos ataques que sofreu. Já Givaldo se tornou celebridade nas redes e socias e se mudou para um apartamento de frente para o mar na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

“Ele me expôs como mulher, como ser humano. Então, ele acabou com a minha moral. Criaram perfis falsos em meu nome usando as minhas fotos. A população acreditou que tudo o que ele falou era verdade”, desabafou Sandra. “Vivemos em uma sociedade machista e por isso tenho sofrido ataques. O que mais me dói nesses ataques é quando eu sou atacada por outras mulheres”, disse.

NOTÍCIAS

Estudantes brasileiras criam o ‘CosmoCup’, coletor menstrual para mulheres no espaço

Mulher leva o noivo vendado para uma montanha e tenta matá-lo porque “não queria se casar”

Kim Kardashian admite que usou Photoshop para editar o rosto da sobrinha e revela os motivos

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM