Comportamento e Relacionamento

Conheça as PANKs, as novas ‘tias solteironas’; você é uma delas?

Saiba mais sobre a ‘professional aunt no kids’

A escolha de algumas mulheres em adiar a maternidade (por diversos motivos) tem interessado o mundo do marketing. De acordo com o portal Nueva Mujer (em espanhol), especialistas têm criado estratégias para esse novo segmento, no qual se destaca uma categoria: a tia profissional sem filhos (PANK ou professional aunt no kids).

Quem são as PANKs?

Este termo se refere a mulheres profissionais, com autonomia e poder aquisitivo, e que, por vontade própria, gastam boa parte do seu tempo e da sua renda com seus sobrinhos.

A categoria foi criada em 2008 pela especialista em pesquisa de mercado Melanie Notkin, que garante que esse poderoso nicho passou despercebido por anos.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Cabelo honey piece: como fazer as mechas do momento sem danificar seus fios

Fique de olho, gata: o golpista do Tinder pode tentar te seduzir

Melhore seu raciocínio: evite estes 3 alimentos que deixam seu cérebro mais lento

Relacionamento: 3 sinais de que você precisa de mais espaço em sua relação

⋅ ⋅ ⋅

“Enquanto os pais são frequentemente confrontados com seus próprios limites, as PANKs estão dispostas (e felizes) a apoiar as crianças de maneira significativa”, diz Melanie. “Elas são mentoras secundárias, com recursos emocionais, financeiros e tempo de qualidade, além da capacidade de fazer a diferença.”

O que caracteriza as PANKs?

São mulheres que gastam com os sobrinhos: investem em saúde, roupas, viagens e melhorias da qualidade de vida, em geral. As PANKs são um suporte econômico e têm uma influência positiva sobre os pequenos. Dessa maneira, são também um apoio para os pais. ◼

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM