Famosos

Barbie Ferreira, de Euphoria, comenta sobre os elogios mascarados que fazem sobre o seu corpo

Desde que Euphoria entrou em nossas vidas em 2019, nós não conseguimos viver sem. A série conta diversas histórias de estudantes do ensino médio lutando contra drogas, amor, dinheiro e mídias sociais, sendo a Skins da Geração Z.

Barbie Ferreira, que interpreta Kat Hernandez - e inclusive tem um lado brasileiro - comentou sobre os elogios mascarados e indiretos que recebe sobre seu corpo, e que se intensificaram quando ela revelou que teve dificuldade de aceitar sua imagem, assim como sua personagem.

A personagem Kat tenta superar seus problemas de imagem corporal abrançando sua sexualidade e criando uma carreira como profissional sexual na internet, a qual mantém em segredo.

Barbie disse que como “corpos maiores não estão tão na moda quanto costumavam ser”, sendo muito triste e mostrando que é uma conversa mais do que sobre a imagem, mas realmente sobre o amor próprio, mostrando que nenhum jovem realmente descobriu sobre isso ainda.

Além disso, Barbie ficou incomodada com alguns comentários que recebeu depois de cenas recentes da segunda temporada, onde diziam que ela era incrível por usar um cropped, por exemplo.”Não é radical para mim usar um top curto. [Comentários como esses são] apenas elogios indiretos. Faço isso desde os 16 anos. Tenho 25 anos”, conta ela.

A atriz espera que as pessoas que estejam assistindo possam ter a liberdade de não serem pressionadas de serem felizes ou perfeitas o tempo todo, pois isso não existe.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Esses são os casais da vida real do elenco de Euphoria

Conheça a série israelense que inspirou Euphoria

Euphoria: por que McKay sumiu na segunda temporada?

Euphoria: uma teoria sobre um filho secreto de Cal Jabobs tem intrigado os fãs

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM