Notícias

Estudante relata que sofreu abuso sexual na Sapucaí: “o sonho virou pesadelo”

A estudante de direito, de 25 anos, assistia ao desfile das escolas, na Sapucaí, quando foi abusada por um homem em um dos camarotes do sambódromo

Ingrid Munk, estudante de direito de 25, viu seu sonho de assistir aos desfiles das escolas de samba, na Sapucaí, se tornara um pesado quando foi abusada sexualmente por um homem em um dos camarotes do sambódromo.

Ao Universa, a jovem relatou que as quatro da manhã desceu para um dos camarotes para assistir o recuo da bateria da Grande Rio quando um homem, com identidade desconhecida até o momento, a puxou.

“Um rapaz começou a conversar comigo e me puxou, me pressionando contra as grades e tocando minhas partes íntimas. Ele me enforcou e ia começar a chegar às vias de fato, quando comecei a gritar e ele percebeu que estavam chegando mais pessoas”, contou a Universa.

“Foi tudo muito rápido, ele sabia o que ele estava fazendo. Como ele sabia que na Marquês de Sapucaí tinha um lugar isolado?”, questiona a estudante. Indrid ficou na Sapucai até conseguiu carona para ir pra casa. “Chorei muito, não tinha condições nem confiança para pegar um táxi ou um Uber. Meu melhor amigo e a namorada dele vieram me buscar.”

Boletim de ocorrência

A estudante fez um BO na terça-feira (3) na Delegacia de Atendimento à Mulher. Ela também realizou exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal). O BO confirma as informações dadas pela estudante. O crime foi registrado como estupro e as investigações estão a cargo da inspetora de polícia Cláudia Otília Caetano da Silva.

NOTÍCIAS

México deporta travesti brasileira que iria ministrar palestra em evento internacional

O “herói sedutor” e a “louca”: relato da mulher sobre o caso com morador de rua expõe uma sociedade doente

Estudantes brasileiras criam o ‘CosmoCup’, coletor menstrual para mulheres no espaço

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM