Notícias

O Golpista do Tinder: lições que podemos aprender com o documentário para não cair em armadilhas românticas

“O Golpista do Tinder”, documentário da Netflix, tem alertas relevantes para não cair em situações complicadas

O documentário “O Golpista do Tinder” é um sucesso na Netflix e aborda uma história real de três mulheres quue foram enganadas pelo golpista condenado Simon Leviev (nascido Shimon Hayut).

O doc é uma ótima oportunidade de reconhecer as armadilhas que esses tipos de pessoas usam para enganar suas vítimas. Selecionamos algumas delas para as nossas leitoras!

Eles conquistam sua confiança

A primeira coisa que o documentário ensina é que os golpistas conseguem conquistar a confiança das vítimas. Eles, geralmente, são charmosos e possuem uma lábia para enganar a pessoa. Em seguida, eles começam a fazer pedidos urgentes de dinheiro.

Eles monopolizam sua atenção

Outro truque dos golpistas é impedir que as vítimas se comuniquem com mais pessoas. Desta forma, eles bombardeiam a vítima de mensagens para que a atenção dela fique somente com eles.

Eles praticam abuso psicológico

Após monopolizar a atenção da vítima, os golpistas praticam violência psicológica. Eles podem fazer com que a pessoa se sinta culpada por algo que não fez ou fiquem emocionalmente dependentes deles.

NOTÍCIAS

Jovem da Argentina afirma ter encontrado “Golpista do Tinder” e conta como percebeu o sinal de alerta

Cérebro doado de uma mulher ajudou a incriminar o marido por duplo assassinato

Tailândia pede que seus cidadãos façam sexo com máscara no Dia dos Namorados

Menina morre após comer biscoito envenenado que era para o cachorro

VÍDEO: avó salva neta de ser sequestrada na porta de casa

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM