Notícias

Primeira-ministra da Nova Zelândia cancela casamento por conta da Ômicron

“Não sou diferente” relata Jacinda Ardern

Com a volta das medidas restritivas para conter o avanço da Ômicron, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, resolveu cancelar o seu casamento, dizendo que não é diferente de milhares de outros neozelandeses impactados pela pandemia, e mostrando empatia e responsabilidade durante a coletiva de imprensa.

A data do casamento com o apresentador de televisão Clarke Gayford não era pública, mas já era especulada pela imprensa internacional que seria algo próximo, com Ardern dizendo que isso será maior do que qualquer tristeza que ela possa chegar a experimentar.

Desde sábado, dia 22 de janeiro, bares, restaurantes e eventos como casamentos precisam respeitar a lotação máxima de 100 pessoas, caindo para 25 onde não é exigido o comprovante de vacinação.

As medidas foram adotadas após nove casos da variante ômicron serem registrados, em especial com uma transmissão comunitária que aconteceu após uma festa de casamento no Sul do país, conhecido como um dos melhores combatentes contra a disseminação do vírus.

Ao total, foram registradas 52 mortes por conta da doença, além de 13 mil casos.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Casamento comunitário oficializa a união de 16 casais LGBTQIA+ em Belém

Como é um casamento no Metaverso?

Quer ter um casamento de sucesso? Papa Francisco conta como e viraliza na internet

Descubra aqui alguns realities de casamento para se inspirar quando planejar o seu

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM