Notícias

Vereadora eleita para ‘embelezar’ mesa desabafa: “votem em mim pela minha capacidade intelectual”

A vereadora Iasmin Roloff Rutz (PT) é a única mulher entre os 15 vereadores da cidade de Canguçu, no Rio Grande do Sul, e foi alvo de comentários machistas

A vereadora Iasmin Roloff Rutz (PT) decidiu disputar a presidência da Câmara da cidade gaúcha de Canguçu, Rio Grande do Sul, e não foi eleita. Em seguida, ela foi colocada para concorrer como vice-presidente e foi surpreendida pelos comentários dos outros vereadores no momento do voto.

“Depois disso, fui indicada como segunda vice-presidente, recebI oito votos, e em pelo menos dois deles disseram o mesmo: ‘Voto na vereadora Iasmin para embelezar a mesa’. Ouvi isso três vezes consecutivas e fiquei incomodada”, revelou em entrevista ao Universa.

Ao ouvir os comentários, Iasmin afirmou que rebateu. “‘Senhores vereadores, quando forem votar em mim, que seja pela minha capacidade intelectual e não pela beleza’. Fiquei tão nervosa que nem consegui raciocinar direito, mas mesmo assim não podia deixar quieto, precisava me posicionar. Senti uma mistura de sentimentos naquele momento em que fui julgada pela aparência e não pela minha competência”, comentou.

Ela ainda revelou, em entrevista, que ficou constrangida com a situação. “Fiquei indignada com a tranquilidade dos homens achando que podem falar o que quiserem e quando quiserem, sem se intimidarem pelas câmeras, em espaço público, legislativo, de poder. Nós mulheres passamos por isso constantemente, muitas vezes optamos por ignorar para continuar fazendo nosso trabalho. Mas a gente não pode mais ignorar, tem que fincar o pé e mostrar a que veio: para trabalhar, e não ser julgada pela aparência. É uma ideia muito retrógrada”.

LEIA TAMBÉM

Angélica revela que teve menopausa precoce e diz que após o fim da fase reprodutiva “a vida continua e evolui”

Andréia Horta: “meu desejo é que as mulheres possam passear pelo campo da não-maternidade”

Gloria Maria revela quem é a pessoa que sonha em entrevistar

Gloria Maria: “ninguém me educou para casar e ter marido”

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de jornalistas e redatores.

Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM