Notícias

Mulher engana marido dizendo que tem Alzheimer e rouba sua fortuna de 600 mil dólares

A mulher foi detida após uma investigação policial que constatou que ela roubou a fortuna do marido aos poucos. Segunda a polícia, o crime ocorreu durante 20 anos

Donna Marino, uma estadunidense de 63 anos, foi presa acusada de roubar o marido por 20 anos. Ela fingiu que tinha Alzheimer e usou a doença para roubar 600 mil dólares.

De acordo com informações da TN, o caso ocorreu em Connecticut, nos Estados Unidos, e a polícia informou que a mulher foi acusada de falsificar a assinatura do marido em seus cheques de pensão e previdência social.

Ela depositava o dinheiro em uma conta secreta. Marino, o marido de 78, e sua filha mais velha, Elena, identificaram que havia algo errado pela primeira vez em março de 2019, informou o Washington Post.

A filha disse à polícia que detectou algo errado após encontrar “papelada financeira” em sua casa e suspeitava que a mulher estava roubando dinheiro de seu pai desde 1999.

Na época que a filha identificou a papelada, o marido decidiu não prestar queixa. Contudo, em janeiro de 2020 ele pediu o divorcio e no processo ele declarou por escrito “a fraude que os ganhos monetários haviam sofrido durante décadas”.

Ele também revelou que vinha “assinando” os cheques de pensão e os havia depositado na conta bancária de sua mulher durante treze anos, segundo o depoimento.

+ NOTÍCIAS

Iraniano e sua amante são condenados à morte por adultério

Momento histórico: mulher chinesa faz caminhada espacial pela primeira vez

Professor é denunciado por assediar aluna de 15 anos e escola culpou a menina por “provocá-lo com suas roupas”

Mulher impede um homem armado de sequestrar suas filhas

Jornalista chinesa presa por cobertura do coronavírus está prestes a morrer

Compartilhe os textos da NOVA MULHER com os seus amigos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de jornalistas e redatores.

Siga-nos

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM