Notícias

Mãe é acusada de asfixiar o filho recém-nascido para silenciá-lo e o enterrar no jardim

Alvory C. Chavez Ramos, uma mãe de 23 anos de Illinois, Estados Unidos, deu à luz a criança no banheiro da casa

A estadunidense Alvory C. Chavez Ramos é acusada de asfixiar seu filho recém-nascido para silenciá-lo e o enterrar no jardim da casa. De acordo com o People en Español, ela teria dado à luz a criança no banheiro da casa entre 31 de outubro e 30 de novembro de 2020.

Segundo comunicado das autoridades, quando a criança começou a chorar, e “ela supostamente colocou a mão no nariz e na boca da criança para evitar que os membros da família descobrissem o bebê”.

O objetivo era apenas silenciar, mas o pequeno acabou morrendo. Ela o colocou dentro de um saco plástico e o carregou para o quintal da casa, onde finalmente o enterrou.

Os restos mortais da criança foram encontrados em maio de 2021 após o escritório da polícia abrir uma investigação relacionada à sua morte.

Por meio de um teste de DNA, foi detectado que Alvory é realmente a mãe. Ela teria tentado esconder a gravidez da família. Após o crime, foi acusada de assassinato em primeiro grau e está sob fiança de $ 950.000.

+ NOTÍCIAS

Atriz que matou o namorado é condenada a 10 anos de prisão

Instagram suspende conta de influenciadora que tirou foto ao lado do caixão de seu pai

Dupla violência de gênero: mulher é abusada por policial após pedir ajuda por ser ameaçada de morte

Ela respeitou a quarentena e morreu após ser infectada no único dia em que saiu

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM