Estilo de Vida

Médico e pai de 13 filhos deu a própria vida tentando salvar filha de afogamento

Pai morreu tentando resgatar a criança de afogamento em um rio

Dustin

O neurologista Dustin Harker, de 47 anos, saiu para um passeio em contato com a natura com 4 de seus 13 filhos e aproveitar o dia no Colorado, nos Estados Unidos, quando a forte correnteza das águas do rio levou sua vida.

Às vezes é difícil calcular o quanto a vida pode mudar em apenas um segundo. Podemos achar que está tudo bem com nossa família e amigos durante um passeio até que de repente algo fora do nosso controle transforma a diversão em pesadelo.

Em alguns desses casos o amor fala mais alto e coloca a prova os valores e prioridades, sem importar os riscos. Isso foi o que aconteceu com a família de Dustin.

Durante o passeio para a prática de rafting, uma atividade física que consiste em remar em rios com correnteza, com a família e amigos ninguém esperava que um acidente aconteceria afetando para sempre suas vidas.

Dustin

Enquanto Dustin estava no barco com três de seus filhos no rio Arkansas a correnteza mudou rapidamente e virou o barco em que estavam, sendo sua filha Camille, de 13 anos, a mais afetada.

Ela ficou presa embaixo do barco, mas o pai não a abandonou. De acordo com o jornal Daily Mail, Dustin conseguiu trazer o barco de volta à superfície e pôr os filhos em terra firme. Porém ele próprio não teve a mesma sorte.

Dustin ficou 15 minutos em baixo da água e quando o resgate chegou, 40 minutos depois, já era tarde demais.

dustin

Dustin perdeu a vida não por afogamento, mas por ter sofrido danos cerebrais, segundo contou sua cunhada, que contou que as chuvas intensas na região aumentaram a velocidade da água rapidamente.

“Suspeitam que sua cabeça atingiu algumas rochas quando o bote virou. O trauma cerebral foi o que tirou sua vida”, explicou a mulher a KSN. Ela ainda disse que Dustin ainda falou algumas palavras depois de salvar os filhos.

A esposa de Dustin, Emilie, escreveu nas redes sociais sobre a morte do marido: “Deixou esse lado do mundo fazendo o que ama… Camille nunca deverá sentir culpa por ter sido salva pelo pai. Deus fez esse chamado e deu a Dustin o tempo suficiente para salvá-la”, escreveu.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:

Pai solteiro que nasceu sem pernas e sem braços recebe o reconhecimento das filhas: “Meu pai é meu mundo”

O emocionante gesto de um pai em apoio a filha em estado avançado de câncer

Pai de menina se revolta com posição do fraldário no banheiro e decide usar o banheiro feminino: “O fraldário está ao lado do mictório”

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM