Saúde e Bem-estar

5 soluções caseiras para aliviar as dores da cólica menstrual

Massagear a região abdominal com óleos essenciais pode ser uma boa opção

Mulher com cólica menstrual

O período menstrual pode vir acompanhado de diversos sintomas ruins para as mulheres. Eles variam entre dores de cabeça, muita fadiga, sensibilidade nos seios, cólicas menstruais, entre outros. Este último, pode ser o mais temido entre todos os outros sintomas, pois muitas das vezes, não está muito claro o que se deve fazer para encontrar alívio.

Podendo surgir alguns dias antes e também durante a menstruação, as cólicas causam muito desconforto, sejam elas leves ou intensas. Desta forma, o portal Nueva Mujer listou cinco soluções caseiras que você pode fazer para tentar aliviar estas dores. Confira a seguir:

1. Praticar exercícios

Neste período, sua maior vontade é de passar o dia inteiro na cama. Praticar exercícios físicos pode soar como um pesadelo. Porém, isso aumenta a circulação sanguínea e também libera as endorfinas, que significam as substâncias químicas cerebrais que proporcionam o bem-estar. Podem ser realizadas apenas atividades moderadas, como por exemplo, caminhadas.

Recomendados

Outra dica perfeita de exercício também é a prática do yoga. Ela pode ajudar por ser fácil de fazer e leve, com suas posturas relaxantes ou alongamento dos músculos. Praticar yoga também libera endorfinas e auxilia na prevenção ou redução dos sintomas menstruais.

2. Beber chá de ervas

Preparar chás de ervas pode ser uma boa opção para diminuir as dores da cólica. Chá de hortelã-pimenta, camomila, gengibre e erva-doce, por exemplo, podem ser eficientes na diminuição do desconforto e da dor, pois tranquilizam o corpo.

O chá de camomila é rico em substâncias anti-inflamatórias que retardam as prostaglandinas, podendo assim, auxiliar na redução do desconforto. Este é causado por células do útero, que liberam prostaglandinas durante o período menstrual, ocasionando em contrações musculares, dores e cãibras.

Já o chá de gengibre, além de reduzir as dores, pode regular os ciclos e combater a exaustão e o cansaço.

3. Aquecer

A aplicação de calor no abdômen pode promover alívio quase que imediato durante as cólicas, pois apoia no relaxamento dos músculos. Seja este aquecimento feito através de bolsas de água quente ou um adesivo de calor, por exemplo.

O calor incentiva a circulação do sangue no abdômen, o que diminui notadamente a dor. Optar por um banho quente também pode amenizar o desconforto.

4. Comer corretamente

Alimentos como cerejas, abóbora, pimentão e tomate, contém propriedades anti-inflamatórias e podem ajudam na diminuição do incômodo. Outros como, amêndoas, espinafre, iogurte e manteiga de amendoim também podem auxiliar, pois possuem alto teor de magnésio.

No que se refere ao que você perder, se alimentar de frango, peixes e vegetais de folhas verdes, pode ser útil. Eles têm ferro, o que é importante adicionar na dieta durante esse período. O mamão, o arroz integral e o brócolis também são boas opções, pois são alimentos ricos em vitamina E e vitamina B-6.

Aumentar os níveis de água optando por alimentos, como por exemplo, alface, pepino, melancia e frutas vermelhas é importante. Esquivar-se de massas, pães, açúcar, batatas fritas e cafeína é essencial pois eles podem aumentar a inflamação e agravar a dor.

5. Óleos essenciais

Realizar massagens na região abdominal com remédios caseiros à base de óleos essenciais pode ajudar a diminuir as cólicas. Óleos de lavanda, rosa, canela e sálvia são ótimas opções.

Apenas aplique algumas gotas em suas mãos e massageie a região com movimentos circulares por pelos menos cinco minutos por dia. Isso reduzirá a dor e estimulará a circulação do sangue.

· · ·

Leia também:

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2022/08/05/queda-de-cabelo-4-razoes-pelas-quais-isso-acontece-e-o-que-fazer-para-impedir/

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2022/08/06/5-beneficios-de-praticar-yoga/

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2022/08/09/5-dicas-para-cuidar-do-seu-sistema-imunologico/

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM