Estilo de Vida

Uma cerimônia mais simples pode trazer um casamento mais duradouro, segundo pesquisa

Pesquisa aponta que começar o casamento endividado já gera muita tensão

Quem nunca quis ter um casamento dos sonhos, um verdadeiro evento, com um dia de princesa e tudo que a gente tem direito? Acontece que esses sonhos, muitas vezes inalcançáveis, podem gerar enormes dívidas para o casal, que já começa a vida a dois brigando por conta de dinheiro.

Segundo uma pesquisa da Inglaterra feita pela Marriage Foundation, casais que realizam uma cerimônia mais simples têm mais chances de ficarem juntos por mais tempo, diferentemente daqueles que começaram a vida a dois com uma mega festa de casamento que trouxe dívidas.

A pesquisa conta que 10% das uniões que começam com uma festa e acabam custando mais de 140 mil reais duram apenas 3 anos, e que 34% dos casais que tiveram dez ou menos convidados no casamento - alô micro wedding! - só se divorciaram depois de uma década, sendo o dobro da taxa total.

Uma pesquisa parecida foi realizada nos Estados Unidos e comprovam os mesmos dados obtidos lá, mostrando que casamentos caros que não podem ser bancados naquele momento causam mais stress, não valendo a pena ter um momento incrível para viver uma vida cheia de problemas.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Jovem salva vida de homem e ele a convida para seu casamento

Mulher surpreende marido no terminal de ônibus com pedido de casamento

Homem faz pedido surpresa de casamento para a noiva, mas acaba incendiando o apartamento

Noivos param em bar depois do casamento e viralizam

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM