Saúde e Bem-estar

Esta bebida popular diminui o excesso de açúcar no sangue

Excesso de glicose no sangue aumentam a chance de desenvolver doenças renais e cardiovasculares

Ice Water Water GIF By ZinZen

De acordo com o portal de curiosidades Sputnik (em espanhol), níveis elevados de açúcar no sangue aumentam a chance de desenvolver doenças renais e cardiovasculares, assim como problemas neurológicos.

Em pessoas com diabetes, a quantidade de glicose aumenta ao longo de vários dias ou até semanas e, se não for um caso grave de hiperglicemia, os rins tentam eliminar o excesso de açúcar. Para estimular esse processo e melhorar a circulação sanguínea, é preciso beber mais água.

Ainda segundo a mesma fonte, os médicos recomendam tomar de seis a oito copos por dia. Além disso, é importante manter uma dieta saudável e balanceada e praticar exercícios regularmente.

⋅ ⋅ ⋅

Leia também

A ciência provou: comer chocolate 3 vezes ao dia ajuda a ser mais feliz

Estes 4 alimentos melhoram a saúde da sua vagina

Atenção: estes 6 alimentos estão danificando seus dentes, segundo especialistas

⋅ ⋅ ⋅

O site também frisa que os níveis de açúcar no sangue mudam durante o dia mesmo em pessoas saudáveis, então não se preocupe se não for um crescimento contínuo. Porém, é importante consultar um médico caso apresente alguns dos seguintes sintomas:

  • dor abdominal;
  • fadiga;
  • perda de peso;
  • sabor doce na boca;
  • sede e boca seca;
  • visão turva. ◼

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM