Notícias

Mulher de 56 anos esfaqueia e mata o companheiro após suposta tentativa de agressão em MG

A mulher foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia juntamente com a arma do crime.

Algema

Na tarde do último domingo, dia 26 de novembro, uma mulher de 56 anos foi presa em Carlos Chagas, município localizado no estado de Minas Gerais, após esfaquear e matar o companheiro, de 42, identificado como Gilcimar Carvalho de Menezes.

De acordo com informações do portal G1, conforme consta no registro policial, a mulher, que não teve a identidade divulgada, relatou que estava em casa quando Gilcimar chegou embriagado e começou a xingá-la.

Em seguida, o homem teria se armado com um canivete e rasgado o revestimento de uma cadeira na varanda da residência. Ela contou aos militares que também se armou com uma faca, após se sentir ameaçada pelo companheiro, pois ele já havia a agredida anteriormente.

Recomendados

Ainda de acordo com a mulher, algum tempo depois, o companheiro jogou a cadeira contra ela, porém não conseguiu atingi-la. Na sequência, ele teria tentado esfaqueá-la, momento em que revidou. Ela atingiu a vítima com uma facada no peito.

Conforme o documento policial, a mulher pediu ajuda para um vizinho para socorrer o homem logo após a facada e o levou ao hospital. Ele chegou a receber atendimento, mas não resistiu e morreu na unidade médica.

A mulher foi presa em flagrante e levada para a delegacia de Nanuque, município no interior de Minas Gerais. A faca utilizada por ela para cometer o crime, que possui uma lâmina de aproximadamente 15 centímetros, também foi apreendida e encaminhada para a unidade policial.

· · ·

Leia também:

https://www.novamulher.com/noticias/2023/11/29/no-piaui-mulher-de-28-anos-e-morta-a-facadas-pelo-ex-companheiro-na-frente-da-filha-de-11-anos/

https://www.novamulher.com/noticias/2023/11/28/em-sao-paulo-mulher-de-38-anos-e-morta-pelo-companheiro-com-mais-de-10-facadas-apos-discussao/

· · ·

Atenção, mulher!

Se você está passando por qualquer tipo de violência, física ou psicológica, ligue para o número 180 e denuncie. Se preferir, comunique o ocorrido pelo número de WhatsApp: (61) 9610-0180. O atendimento está disponível para todo o Brasil, 24 horas por dia, durante os sete dias da semana, inclusive feriados.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM