Notícias

Vitória: Senado aprova fim de autorização de cônjuge para laqueadura

Este certamente é um avanço para as mulheres brasileiras. O Plenário aprovou o PL 1941/2022 que permite realizar a laqueadura a partir dos 21 anos necessidade de autorização do cônjuge

fim de autorização de cônjuge para laqueadura

O Plenário do Senado aprovou o PL 1941/2022 que permite realizar a laqueadura a partir dos 21 anos necessidade de autorização do cônjuge. Este certamente é um primeiro avanço para que as decisões sobre os corpos das mulheres brasileiras não estejam nas mãos do Estado.

Contudo, a proposta específica que o pedido de laqueadura “exige uma antecedência de 60 dias da comunicação”. Nilda Gondim (MDB-PB), relatora do projeto, ressaltou que a permissão para a laqueadura logo após o parto vai reduzir riscos cirúrgicos para as mulheres.

Para quem deseja realizar da laqueadura durante o parto, a cirurgia será feita a partir do prazo mínimo entre a manifestação da vontade e o parto, além das devidas condições médicas.

Recomendados

Como funciona atualmente?

Atualmente, alei proíbe laqueadura durante o parto. Há, no entanto, dois casos de exceção: quando há necessidade (exemplo: se a mulher passou por cesarianas sucessivas anteriores) e se há riscos para a saúde em caso de nova gestação. Além disso, atualmente, o procedimento exige a autorização do cônjuge.

NOTÍCIAS

Jovem divulga processo de divórcio no TikTok em busca de apoio e é morta pelo ex-marido

Dilma revela que Jô Soares foi a única voz na Globo disposta a entrevistá-la antes do impeachment

Modelo que atropelou e matou no RJ é acusado de estuprar várias mulheres

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM