Notícias

Deputada negra de MG recebeu 3,5 mil ameaças de morte

“Nós, mulheres negras, estamos ameaçadas de não podermos exercer o nosso direito político”, disse Andréia de Jesus (PT)

Andréia de Jesus (PT) é uma das três mulheres negras que, pela primeira vez, ocupam os cargos de deputadas estaduais em Minas Gerais. Contudo, a posição não tem sido fácil para nenhuma delas, que são vítimas de ameaças e racismo.

A deputada Andréia de Jesus, por exemplo, desde o ano passado vem recebendo ameaças de morte após cobrar uma investigação uma operação policial em Varginha que deixou 26 pessoas mortas.

A partir dessa época, a parlamentar começou a contabilizar as ameaças e chegou ao número de 3,5 mil. Por medida preventiva, ela recebeu escolta policial. Mas, em março deste ano, a proteção foi suspensa pela Polícia Militar (PM)

De acordo com a deputada, a PM alega que não há motivo para manter a medida. “Não é exceção. É um protocolo que já tinha sido adotado pela Comissão de Direitos Humanos da ALMG durante o mandato do deputado Durval Ângelo”, explica.

NOTÍCIAS

Mãe dá remédio para filha de 3 anos parar de chorar e a mata

Adolescente assassina sua “melhor amiga” e confessa o crime no WhatsApp

Jovens matam professora com taco de beisebol e escondem o corpo

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM