Notícias

Idosos passam mal ao consumirem brownie de maconha por engano durante um jogo de cartas

Uma mãe, que fazia parte do grupo de idosos, achou que se tratava de um brownie comum feito pelo filho

Quem nunca quis agradar e levar um bolinho para um encontro com os amigos? Foi o que Uma mulher de 73 anos pensou antes de ir jogar cartas em um centro de idosos de Dakota do Sul, nos Estados Unidos. Ela viu que o filho tinha feito um brownie, e quis levar para ter um comes e bebes durante a jogatina. Acontece que, depois de ingerirem o brownie, todos os idosos passaram mal, achando que foram envenenados, e chegaram até a chamar a polícia.

Sorte que a investigação viu que eram apenas os efeitos da maconha nos idosos. Na Dakota do Sul, o uso da maconha não é legalizado, então Michael Koranda, filho da senhora de 73 anos, acabou sendo preso por posse de substância controlada. Com 46 anos, o filho conta que comprou 450 gramas de maconha no Colorado, durante uma viagem, já que lá é permitido.

No dia 5 de janeiro, Michael chegou a ser preso, e mais tarde foi solto após pagar a fiança que não foi divulgada. Irene, mãe de Michael, não sofreu nenhuma acusação já que levou o brownie por engano. Michael ainda tem uma audiência marcada para o dia 25 de janeiro para ver os próximos passos.

⋅ ⋅ ⋅

Leia mais textos da NOVA MULHER

Como lavar o ventilador de um jeito fácil e rápido

Nunca é tarde: aos 70 anos, mulher realiza o sonho de se casar

Chega de preocupação: 3 remédios caseiros para impedir a queda de cabelo

Quando as multitarefas são prejudiciais?

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM