Notícias

Vice-líder do governo no Congresso afirma que “direita camicase se autodestrói” e que deseja criar uma “direita radical”

Soraya Thronicke (PSL-MS) acredita que é preciso construir uma “direita racional”

Soraya Thronicke (PSL-MS), que atua como vice-líder do governo no Congresso, defende a criação de uma direita radical, mas sem extremismo. Em entrevista ao Estadão, ela explicou o que entende pelo termo.

“Nós fomos eleitos (em 2018) levando a bandeira da direita, que estava adormecida e emergiu. Mas misturaram os assuntos. Eu comecei a perceber esses “gaps” na compreensão, coisas esdrúxulas. Eu tenho falado em direita responsável porque a gente está vendo que ficou pejorativo ser de direita. Um monte de gente não sabe o que é ser de direita, não sabe quais são as bandeiras que nós carregamos, não age dentro de uma economia liberal que era a nossa maior proposta. Se somos Estado mínimo, o que a sexualidade das pessoas tem a ver com o Estado? Esses malucos que falam pela direita, para mim, nem de direita são”, explica.

Ela ainda ressaltou que mantém apoio ao presidente nas bandeiras que ele continua fiel. “Eu sou fiel às bandeiras da direita de verdade, como Estado mínimo, liberdade econômica, até mesmo a bandeira armamentista. Mas, acima de tudo, defendo a bandeira anticorrupção, que foi deixada de lado. A fidelidade tem que ser aos princípios e às bandeiras. Foi com isso que eu me comprometi e foi com isso que lá na campanha nós nos unimos. Essa “direita camicase” se autodestrói”, enfatizou.

Política

Deputada divulga dados pessoais de médicos que defenderam vacinação infantil

Luísa Sonza defende Ivete Sangalo após crítica de Bolsonaro

Gleisi Hoffmann diz que teto dos gastos foi “totalmente desmoralizado por Bolsonaro”

Após internação de Bolsonaro, Michelle lembra facada: “sequela para resto da vida”

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM