Notícias

Mulher denuncia organização que a impediu de ir em uma festa por “estar gorda”

A ativista contra a gordofobia denunciou uma organização em Miami que a impediu de participar de uma festa por “estar gorda”

Fallon Mellilo, de 27 anos, é uma ativista contra a gordofobia (preconceito contra pessoas gordas) e foi vítima após ser impedida de participar de uma festa em Miami, Estados Unidos, com a alegação de que ela estaria muito gorda.

+ NOTÍCIAS

  1. Policial Civil é presa por perseguir ex-namorados: 98 ligações em único dia e ameaças
  2. Ela viralizou ao descobrir aos 20 anos que tem dois úteros
  3. Mulher esconde o corpo da mãe por meses para continuar recebendo sua pensão
  4. Mulher joga as cinzas do marido no lixo: “É por causa de todas as vezes que ele me chutou na cabeça”

A ativista publicou um vídeo no Instagram e TikTok relatando que no momento de comprar o ingresso para uma festa, que aconteceria no Hard Rok Hotel, foi barrada com o alerta: ‘Desculpe, nada de garotas grandes para esta festa’, dizia o aviso.

Ela encontrou em contato com o hotel que afirmou não ter discriminação. Fallon relatou que se sentiu muito humilhada com a situação. «O comportamento discriminatório contra pessoas de grande porte precisa acabar. Quando teremos permissão para existir?», escreveu.

LEIA TAMBÉM

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM