logo
/ Acervo pessoal
Notícias 21/04/2021

Após doações, mulher com doença rara na pele consegue comprar casa adaptada no Ceará

Karine tem uma doença rara na pele e não pode ficar exposta ao sol. Por meio de doações, ela conseguiu fazer tratamento e comprar uma casa adequada.

Por : Da redação

A cearense Karine, 30 anos, recebeu doações por meio do projeto VOAA para tratar sua doença rara de pele, conhecida como xeroderma pigmentoso, que provoca lesões graves na pele em qualquer contato com o sol.

Com o apoio de 2.480 pessoas, a vaquinha para ajudar Karine conseguiu arrecadar R$ 159.640 mil. O valor, segundo o projeto, “foi destinado para os tratamentos e remédios da Karine, mas também para a compra de uma casa maior, já que ela mal pode sair de casa devido ao risco de mais lesões”.

+ NEWS

Agora, graças a ajuda de muitas pessoas, ela está feliz em uma casa adequada morando com o marido e os dois pequenos. Contudo, a cearense descobriu recentemente que tem um câncer que está enraizado no seu crânio.

 Segundo informações do VOAA, “ela fará em breve uma cirurgia para a remoção do tumor – procedimento considerado de risco”.

LEIA TAMBÉM

Apoie
Compartilhe os nossos textos com os seus amigos. O seu apoio ajuda a manter a NOVA MULHER como um site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o nosso trabalho.

Siga-nos
Gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a mais novidades: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Nós também participamos do Google Notícias: