Notícias

Estudo sugere que leite materno produzido por mães vacinadas tem anticorpos contra a Covid-19

Pesquisadores acreditam que os anticorpos do leite, de mães vacinadas, podem proteger bebês contra a Covid-19

mães vacinadas

Estudo publicado nesta segunda-feira (12) na revista científica americana «The Journal of the American Medical Association (JAMA)», segundo o G1, constatou que há dois anticorpos produzidos por mães vacinadas que podem proteger os bebês contra a Covid-19.

Ainda que faltem algumas conclusões cientificas, os pesquisadores ressaltaram que “os anticorpos encontrados no leite materno dessas mulheres mostraram fortes efeitos neutralizantes, sugerindo um potencial efeito protetor contra infecção em bebês”, afirmam.

Para chegar a esta observação, o estudo acompanhou um grupo de 84 mulheres em Israel entre 23 de dezembro de 2020 e 15 de janeiro deste ano.

+ MATERNIDADE

  1. Samara Felippo explica porque não deixou suas filhas acreditarem em de Papai Noel e Coelhinho da Páscoa
  2. Mãe é alvo de críticas após postar foto de bebê com unhas postiças
  3. Giovanna Ewbank se declara para Titi que estreia sua primeira campanha

As participantes receberam duas doses da vacina Pfizer-Biontec e, em seguida, doaram amostras de leite. No total, foram colhidas 504 amostras de leite materno para realizar a pesquisa.

Os pesquisadores observaram que 61,8% apresentaram anticorpos IgA contra a Covid. Além disso, após a segunda dose da vacina, o percentual ficou elevado para 86,1%. Os dois anticorpos encontrados foram IgA e o IgM.

O IgA protege contra infecções de membranas mucosas presentes na boca e o IgG é o principal anticorpo presente no sangue e age dentro dos tecidos para combater infecções, explica matéria do G1.

LEIA TAMBÉM

Apoie
Compartilhe os nossos textos com os seus amigos. O seu apoio ajuda a manter a NOVA MULHER como um site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o nosso trabalho.

Siga-nos
Gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a mais novidades: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Nós também participamos do Google Notícias:

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM