Saúde e Bem-estar

O chá que pode diminuir os níveis de açúcar no sangue em questão de minutos

Ele pode ser um aliado no combate a diabetes tipo 2

Tea GIF

De acordo com o portal especializado em curiosidades Sputnik (em espanhol), estudos científicos mostraram que o chá-preto pode ser um aliado no combate a diabetes tipo 2, doença caracterizada pelos elevados níveis de açúcar no sangue.

Embora não existam muitas pesquisas específicas sobre esse chá, cientistas demonstraram que ele é uma alternativa natural para melhorar o controle glicêmico.

Segundo investigação publicada no Asian Pacific Journal of Clinical Nutrition (em inglês), a bebida pode evitar o aumento da glicose no sangue entre 60 e 120 minutos após a sua ingestão.

⋅ ⋅ ⋅

Leia também

4 alimentos que prejudicam sua memória, segundo nutricionista de Harvard

Como substituir o açúcar: saiba mais sobre os adoçantes naturais

Este é o superalimento que vai fortalecer seus músculos

⋅ ⋅ ⋅

O estudo consistiu em um experimento no qual os participantes, antes de tomar o chá-preto, consumiram uma dieta com carboidratos (57%), gorduras (30%) e proteínas (13%).

Os resultados mostraram que as propriedades do chá são benéficas para o controle do açúcar no sangue, embora os especialistas consideram que a conclusão deva ser revista com mais cuidado. ◼

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. O seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM