Saúde e Bem-estar

Caminhada: descubra quanto tempo você deve se mover para colher os benefícios da atividade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a prática é repleta de vantagens: a começar pela liberação de substâncias relacionadas ao bem-estar

Mulher caminhando

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), caminhar é uma prática repleta de benefícios. A começar pela liberação de substâncias relacionadas ao bem-estar e capazes de reduzir o estresse, controlar estados depressivos e prevenir doenças neurodegenerativas.

Os benefícios da caminhada

Para outras pessoas, o emagrecimento é a razão para sair de casa: é possível queimar até 150 calorias após uma sessão de 30 minutos de caminhada.

Além disso, se feita depois das refeições e de maneira moderada, essa atividade física pode regular os níveis de açúcar no sangue e diminuir o inchaço em pessoas com síndrome do intestino irritável.

Leia também

Quanto tempo você deve caminhar

“Caminhar é a maneira mais simples e econômica de cumprir a recomendação geral da OMS de realizar 150 minutos semanais de exercícios aeróbicos moderados”, disse Inma Blanquer, diretora de um centro de bem-estar, à revista Hola (em espanhol).

Ele explica que o mínimo seria caminhar entre 20 e 30 minutos todos os dias ou 30 a 45 minutos em 5 dias por semana. Outra opção é caminhar por 1 hora durante 3 dias por semana.

“Isso é o mínimo, mas é claro que o ideal é praticar a caminhada diariamente, ultrapassar as durações mínimas. E, se fizermos com vigor, será ainda melhor”, acrescentou Inma.

⋅ ⋅ ⋅

⚠️ Atenção: este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Apoie

Compartilhe os textos da NOVA MULHER através das redes sociais e dos aplicativos de mensagem. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho dos nossos redatores, e o seu apoio ajuda a manter este site gratuito.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM