Notícias

Mulher leva facada no pescoço do ex-companheiro dentro de um bar em Boa Vista, RR

A vítima teve um corte superficial e foi encaminhada para o Hospital Geral de Roraima (HGR).

Copo de cerveja

No último sábado, dia 10 de fevereiro, uma mulher foi atacada pelo ex-companheiro com uma faca dentro de um bar no bairro Senador Hélio Campos, na zona Oeste do município de Boa Vista, capital do estado de Roraima.

De acordo com informações do portal de notícias G1, a facada atingiu a vítima no pescoço e o corte foi superficial. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher, que não teve nome e idade divulgados, disse que estava consumindo bebida alcoólica no estabelecimento na companhia de um amigo, quando o suspeito chegou no local e a golpeou com uma faca.

A vítima não informou para os militares a identidade do possível agressor. Ela estava aparentemente alcoolizada e desorientada. Os moradores que a socorreram informaram às autoridades que não a conheciam.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado. A mulher recebeu os primeiros socorros e, em seguida, foi encaminhada para o Hospital Geral de Roraima (HGR). O caso foi registrado no 4º Distrito Policial para as devidas providências.

· · ·

Leia também: https://www.novamulher.com/noticias/2024/02/09/jovem-de-23-anos-e-morto-com-uma-facada-no-peito-pelo-namorado-da-ex-companheira-no-interior-de-minas-gerais/

· · ·

Mulher de 44 anos é morta com golpes de faca pelo ex-marido em Rondônia

O crime aconteceu na madrugada do dia 05 de fevereiro no bairro Boa Esperança, em Ji-Paraná, município localizado no estado de Rondônia. Uma mulher de 44 anos, identificada como Rosilene de Quadra, foi morta com golpes de faca pelo ex-marido.

De acordo também com o G1, a Polícia Civil informou que a vítima estava com o ex-companheiro em uma residência conhecida pela venda e consumo de drogas, quando começaram a discutir.

Neste momento, o homem pegou uma faca, golpeou a mulher e correu em fuga. A Polícia Militar (PM) foi acionada e conseguiu localizá-lo no bairro, mas, durante a abordagem, ele resistiu à prisão e ainda tentou ferir as autoridades com a faca utilizada no crime.

Por este motivo, um policial atirou e atingiu o suspeito com um disparo, agindo em legitima defesa. O tiro pegou na altura da barriga.

O agressor foi socorrido e encaminhado para um hospital do município. Aos militares, ele contou que teria matado a ex-mulher por suspeitar de uma traição. O homem foi preso em flagrante e deve responder pelo crime de feminicídio. O caso será investigado.

· · ·

Atenção, mulher!

Se você está passando por qualquer tipo de violência, física ou psicológica, ligue para o número 180 e denuncie. Se preferir, comunique o ocorrido pelo número de WhatsApp: (61) 9610-0180. O atendimento está disponível para todo o Brasil, 24 horas por dia, durante os sete dias da semana, inclusive feriados.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM