Notícias

Homem é preso ao convocar festa para comemorar a COVID-19 da Rainha Elizabeth II

Ativista quis fazer uma “brincadeira”

Eric Serge Herbert (Reprodução: Google)

Ativista do Extinction Rebellion, movimento de ecologistas que prega a desobediência civil na Austrália, Eric Serge Herbert foi preso ao tentar organizar uma festa de rua para homenagear a notícia sobre a rainha Elizabeth II estar com Covid-19.

ANÚNCIO

Leia também:

Após 2 anos “desaparecida”, idosa é encontrada morta em seu apartamento

Recomendado:

Mulher diz ter ‘engravidado sozinha’ em banheira de hidromassagem; o risco realmente existe?

No post em suas redes sociais, ele convidada pessoas para comemorar o fato da rainha estar com a doença e a celebração seria em uma rua do bairro de Newtown, em Sydney, Austrália, e aconteceria amanhã, dia 26 de fevereiro.

Eric afirmava que os convidados anti-monarquistas poderiam imaginar os cadáveres sendo mutilados pelos pés das pessoas que estavam presentes, sendo esses cadáveres os de opressores. Ele dizia também que precisava de muito glitter, um bom sistema de som, pneus de barricada, fogo, ferramentas para cavar a estrada e muita raiva.

Eric acabou sendo liberado depois de pagar fiança, segundo o Daily Telegraph, e também ao dizer que a festa nunca aconteceria de verdade, não passando de uma brincadeira. Ele já teria sido preso outras vezes por conta de protestos anteriores.

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags


Últimas Notícias