Notícias

Mulher vai à delegacia para denunciar violência de gênero e é empurrada por policiais

O caso ocorreu na Argentina. A mulher foi até a delegacia denunciar que estava sofrendo perseguição por parte do ex-companheiro e foi empurrada para fora por policiais

Uma mulher foi até a delegacia, localizada na província de San Luis, na Argentina, denunciar que seu ex companheiro a estava ameaçado e acabou sendo vítima dos policiais que a empurraram para fora do local.

Ela estava acompanhada por uma testemunha que filmou o momento. Segundo o Mega Notícias, até agora não se sabe o motivo da reação dos policiais. Ao que tudo indica, eles se incomodaram com o fato da testemunha estar gravando um vídeo dentro do prédio.

Após a repercussão do caso, quatro policiais foram desligados de suas funções. Entre eles: o delegado, o subchefe e dois policiais da 29ª Delegacia do bairro La Ribera, localizada na cidade de Villa Mercedes, informou o TN.

+ NOTÍCIAS

  1. Assédio: passageiro é amarrado em voo após apalpar os seios de comissárias de bordo
  2. Atleta equatoriana denuncia técnico por irregularidades em Tóquio 2020
  3. Mulher é liberada da prisão por assassinar vizinho que abusou do seu filho de 12 anos
  4. Jornalista é zombada por vender sanduíches e sua resposta se tornal viral

Em nota, o delegado do caso afirmou que a medida foi tomada com base na “inobservância do protocolo de atendimento às vítimas de violência de gênero”. 

Antes de ir a delegacia, a filha da vítima compartilhou a situação que sua mãe estava vivendo com ex companheiro. “Sinto-me obrigada a culpar estes dois … Martín é o ex-companheiro de minha mãe, Andrea Orozco , sempre foi uma pessoa violenta e seu filho era o mesmo”, revelou.

De acordo com o exposto, ela deixou claro que “desde que se separaram, tudo o que ele tem feito é maltratá-la e ameaçá-la de morte, ela vive com medo. Milhares de reclamações e a polícia nada , nunca os vi agir, porque até eles matá-la, eles não farão nada».

LEIA TAMBÉM

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM