Saúde e Bem-estar

A cafeína durante a gravidez pode ser prejudicial?

É melhor entender antes de tomar

A cafeína durante a gravidez pode ser prejudicial?
A cafeína durante a gravidez pode ser prejudicial? (Reprodução: Pexels)

Quando a gravidez chega em nossas vidas, precisamos fazer algumas mudanças em vários aspectos, e principalmente na alimentação, já que quem está grávida não pode comer queijos não pasteurizados e peixe defumado, por exemplo. Com isso, começamos a pensar também no famoso cafézinho de todo dia, já que muitas pessoas não vivem sem.

ANÚNCIO

Leia também:

Julia Fox comenta sobre polêmica controversa de emagrecimento

Essa é uma preocupação que muitas pessoas tem em relação à cafeína, seja em um chá, uma bebida energética ou no próprio café. Segundo Lesley Bland conta para a Cosmopolitan, é possível beber uma pequena quantidade de café por dia, se limitando a 1 ou 2 xícaras no máximo, ou 200mg por dia, já que o acúmulo de cafeína pode fazer com que bebês nasçam com baixo peso e com complicações.

Além disso, vale ficar de olho na cafeína que pedimos em cafeterias por aí. “O café torrado e moído na hora tende a conter mais cafeína do que o café instantâneo, mas isso varia dependendo de quão forte você faz seu próprio café em casa”, acrescenta Bland, que é importante observar. “O café expresso contém os níveis mais altos de cafeína por volume, mas como o café expresso tende a ser bebido como uma bebida muito mais curta, os níveis reais de cafeína podem ser mais baixos - ou comparáveis a uma xícara maior ou caneca de café acabado de fazer. Então, seu café com leite, cappuccino e outras bebidas lácteas à base de café expresso ainda estão dentro da sua dose diária.”

Isso porque, durante a gravidez precisamos nos manter ainda mais hidratadas, não só com água mas com sucos, leites e bebidas quentes. “As diretrizes recomendadas são de no máximo 200 mg de cafeína por dia, já que o aumento do consumo está associado a ter um bebê com peso menor ao nascer e outras complicações, isso equivale aproximadamente a cerca de 1 a 2 xícaras de café”, observa Bland. “Beber café e chá descafeinado é seguro e sua parteira ou médico irá recomendá-lo em suas consultas pré-natais.”

· · ·

ANÚNCIO

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias