Saúde e Bem-estar

Dicção: Aprenda a fazer alguns exercícios para melhorá-la

Fazer gargarejos com água, por exemplo, pode ajudar

Mulher sorrindo

A dicção, é a maneira com que as pessoas articulam e pronunciam as palavras. Por isso, ter uma boa dicção é muito importante e traz vários benefícios, como por exemplo, a melhor compreensão de tudo que é falado.

Existem algumas dicas simples de exercícios, que podem ser realizados em casa ou com a ajuda de um fonoaudiólogo, que são capazes de auxiliar na melhora da dicção. Sendo assim, confira a seguir 5 deles, extraídos do portal Tua Saúde:

1. Exercícios para relaxar e fortalecer a musculatura facial

Por possuir os músculos do rosto muito tensos, como lábios, língua e bochechas, algumas pessoas possuem dificuldade em articular as palavras. Por isso, para relaxá-los, pode-se fazer: caretas, bocejos, exercícios de abrir e fechar a boca com a mandíbula solta e deitar a língua para fora e girá-la dentro da boca com os lábios fechados e vibrá-los, juntamente com a língua.

2. Falar com a articulação fechada

O exercício de falar com a articulação fechada pode ser bom para melhorar a articulação das palavras. Para realizá-lo, deve-se fechar a boca e os dentes, e ler um texto, movimentando apenas os lábios e a língua.

3. Falar um trava-línguas

Falar um trava-línguas pode ser também uma ótima maneira de melhorar a dicção. Para treiná-los, o ideal é começar a dizê-los de forma devagar e ir aumentando a velocidade depois, tentando dizer as palavras corretamente e sem as misturar. Este exercício pode ser realizado também segurando um lápis ou uma rolha entre os dentes.

4. Ler vogais

Respeitar cada som que se emite, tendo atenção especial para as vogais, é essencial para ter uma boa dicção. Para isto, deve-se escolher um texto ou letra de música, por exemplo, e fazer a leitura somente das vogais, mantendo a sílaba tônica das palavras. O começo deve ser devagar e depois, ir lendo ou cantando cada vez mais rápido, além de poder também aumentar o grau de dificuldade dos textos.

5. Fazer gargarejo com água

Realizar um gargarejo com água ou enxaguante bucal, é possível trabalhar a faringe, a base da língua e o céu da boca, que são os pontos articulatórios normalmente usados. Através deste exercício, são acionados também os movimentos ‘ão’, ‘cão’, ‘gão’ e ‘uma’, deixando o som sair mais da parte do fundo da boca, melhorando o pronunciamento das palavras.

· · ·

Leia também:

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2022/10/08/se-voce-deseja-melhorar-seus-resultados-na-academia-estas-dicas-simples-podem-ajudar/

https://www.novamulher.com/estilo-de-vida/2022/10/09/5-dicas-simples-para-evitar-a-dor-nas-costas-causada-pela-ma-postura/

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM