Saúde e Bem-estar

Mulher viraliza ao contar que ficou com coletor menstrual no útero por 7 meses

Ela levantou uma conversa online do perigo desse coletor

Mulher viraliza ao contar que ficou com coletor menstrual no útero por 7 meses

Imagina ter um coletor menstrual preso no seu útero por no mínimo 7 meses? Uma influenciadora chamada Nicole Cliffe contou para seus 18.6 mil seguidores como foi ter que passar por isso, dizendo que se sentia “áspera” e que desconfiava que seu coletor menstrual tivesse se movido de maneira incomum para o colo do útero.

Leia também:

A perimenopausa pode afetar mais a nossa pele do que a gente pensa

“Tentei por horas para tirá-lo”, acrescentou, revelando que seu parceiro a levou para o hospital “coberta de sangue”. Mas no pronto-socorro, ela alegou que suas preocupações foram descartadas. “Eles riram de mim e disseram que não era possível que tivesse entrado no meu útero, também devo dizer na minha vagina. Eu disse que tive três partos vaginais e sei a diferença. Eles riram de novo.”

Nicole continuou: “Uma enfermeira pescou por aí, eu nem estava nos estribos. Como não estava na minha vagina, ela não encontrou. Eu pedi um ultrassom. Havia algo no ultrassom, mas a imagem não estava tão boa (por que eles não me mandaram para cima para o ultrassom 3D?) e eles disseram que era um mioma ou um cisto.”

Então, Nicole marcou uma consulta de acompanhamento com um ginecologista, que olhou o ultrassom e não pediu nada de novo. Como ela não teve uma resposta, posteriormente passou por uma infecção do trato urinário a cada seis semanas, e vários ataques de antibiótico, o que faria eliminar os sintomas da infecção em si.

“Eu estava sangrando por quase sete meses porque meu útero estava tentando se livrar dele”, afirmou Nicole. “Eu poderia ter ficado séptica a qualquer momento (comeu minha gordura / meus músculos / produziu uma febre constante que me deu meus problemas neurológicos), mas tornou-se uma emergência ativa cerca de duas semanas antes de tirá-lo, porque se deslocou e prendeu meu cólon fechado.”

A influenciadora até chegou a pensar que estaria morrendo, e foi quando ela sentiu uma estalada durante o sexo. “Senti um momento de agonia alucinante, GRITEI e estava em uma enorme poça de sangue”, lembrou ela. “Corri para o banheiro, estava a meio caminho do colo do útero. Não podia viver outro momento como esse e fiz o possível para dobrá-lo e arrancá-lo.”

Segundo Nicole, esse foi o momento mais doloroso da sua vida, mas finalmente conseguiu remover o copo sozinha. Nos comentários, as pessoas ficaram preocupadas e começaram a questionar a segurança de usar um coletor menstrual.

Alguns médicos dizem que é preciso saber se o coletor menstrual está muito perto do colo do útero. “Se, com um dedo, você puder sentir que o coletor está alto, você pode puxá-lo suavemente para baixo depois de liberar a pressão, ou reinserí-lo.” O especialista ainda reafirma que os coletores não podem se perder dentro do corpo, e que se caso aconteça, é preciso buscar ajuda imediatamente.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM