Saúde e Bem-estar

Vichy lança marca com produtos voltados para os efeitos da menopausa na pele

Tem gente que já quer comprar tudo, né?

Quando a gente fala em menopausa, a primeira coisa que pensamos é como nossos hormônios mudam e como isso interfere na nossa vida, não é mesmo? E com tudo isso, ela também pode agir sobre a nossa pele, como mostra um estudo recente feito pela Vichy que pelo menos 50% das mulheres desconhecem os efeitos da menopausa na pele.

Leia também:

A lacuna de percepção do sono se tornou uma tendência alarmante para muitas de nós

Nessa fase da vida que atinge cerca de 25 milhões de pessoas todos os anos, é possível assumir o protagonismo e usar todas as ferramentas que temos a favor para driblar esse momento da melhor forma. Existe um tabu sobre o reconhecimento dessa fase, já que ela é muito ligada à perda de produtividade e de beleza, como se encerrar a capacidade produtiva colocasse fim ao nosso poder feminino.

A conscientização do tema ganhou cada vez mais espaço na mídia, e com isso marcas como a Vichy colocaram em prática como ajudar as mulheres com essas questões, em uma nova linha com produtos especialmente feitos para cuidar da pele nessa fase, e que conta com Angélica e Zezé Motta para apresentar o Neovadiol Menopausa, desenvolvido com dermatologistas e ginecologistas.

A linha traz um sérum e duas opções de cremes feitos com ingrediente sustentáveis e ativos inovadores, que auxiliam na redução de rugas, flacidez, perda de densidade, tom irregular e pele seca. A queda hormonal na menopausa faz com que a pele entregue sinais visíveis nessas questões, por conta do declínio do estrogênio e da progesterona no corpo, junto com o aumento do cortisol que enfraquece a barreira da pele.

No período antes da menopausa, o melhor é usar o Creme de Efeito Lifting para dar mais tonicidade, elasticidade e firmeza. No período pós menopausa, o recomendável é usar o creme Redensificador, que diminui as rugas e a flacidez, devolvendo o viço, o volume e a definição dos contornos. Já o Sérum Multicorretor pode ser usado em todas as fases, mas é melhor consultar sua dermatologista antes de iniciar o tratamento.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM