Saúde e Bem-estar

Como lidar com a menstruação em dias mais quentes

Algumas dicas podem nos livrar desse infortúnio

As ondas de calor podem aparecer mesmo no inverno, nos deixando não só estressadas com esse momento, mas também com um cansaço que só uma piscina ajuda a refrescar, não é mesmo? Com essa temperatura tão quente, as mulheres podem sofrer ainda mais se a menstruação vier nesse momento.

Leia também:

O que a deficiência de vitamina D pode trazer para o seu corpo

Recomendados

Por isso, sangrar por uma semana e ter um absorvente suado preso em nosso corpo pode ser um infortúnio e tanto, não é mesmo? Mas, sobreviver a uma menstruação em dias mais quentes pode ter uma solução. “Alguns estudos descobriram que os ciclos menstruais são afetados pela luz do sol”, explica o Dr. Sesay. “Existe uma ligação entre a exposição à vitamina D e o aumento da produção do hormônio folicular estimulante (FSH), que leva a uma maior atividade ovariana. Isso pode tornar os ciclos menstruais mais curtos, tornando os períodos mais frequentes e muitas vezes mais longos”.

O especialista continua: “Dito isso, o clima quente em si não afeta diretamente o seu período”. No entanto, ressalta o Dr. Sesay, vários fatores certamente podem agravar os sintomas já associados ao período menstrual, como mudança no estilo de vida, mudança de temperatura corporal e mudança de humor.

O melhor a se fazer nesse momento é se hidratar e muito, já que a desidratação piora a dor de cabeça, a retenção de água e o inchaço, a constipação e a fadiga. Vale até colocar um alarme pra te lembrar de beber água sempre.

Além disso, nesse momento é melhor evitar a cafeína e o álcool, que podem também contribuir com uma desidratação, e investir em uma alimentação mais saudável, longe de alimentos picantes, oleosos, processados e enlatados, pois eles afetam diretamente nossa menstruação.

“Opte por mais frutas e vegetais, alimentos anti-inflamatórios como peixes oleosos, também alimentos ricos em potássio e evite alimentos ricos em sal, pois isso aumentaria a retenção de água/inchaço e pioraria a desidratação. alimentos ricos em ferro.”, comenta o Dr. Sesay.

As roupas também podem nos ajudar a refrescar, priorizando tecidos respiráveis e até utilizar uma calcinha menstrual ao invés de um absorvente, vendo o que funciona melhor para você. O ideal é trocar o produto com frequência, para não contrair uma infecção.

Exercícios também ajudam a aumentar a endorfina, e um sono regulado é essencial para que nosso corpo funcione bem como um todo.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM