Comportamento e Relacionamento

Como um narcisista manipula o conceito de linguagem do amor

Eles podem manipular uma linguagem de amor para camuflar a falta de empatia

(Reprodução Freepik - @wayhomestudio)

Favores, palavras de carinho, dar e receber presentes, contato físico e tempo de qualidade são cinco tipos de carinho identificados por Gary Chapman em seu livro The Five Love Languages. Muitas vezes uma pessoa prefere um modo de afeição a outro dentro de um relacionamento.

ANÚNCIO

Por exemplo: palavras de afirmação podem ser mais significativas para um parceiro do que receber um presente. Uma pessoa que reconhece a linguagem de amor preferida de um parceiro pode melhorar o relacionamento. Embora esse conceito seja útil, ele pode ser facilmente manipulado por um narcisista.

Um parceiro narcisista pode abusar dessa teoria porque não possui capacidades essenciais para se relacionar. “Digamos que as linguagens do amor são como belas estruturar de uma ponte que conecta duas pessoas”, explica a psicoterapeuta Erin Leonard. “Para ser vista e admirada, a ponte deve ser estruturalmente sólida para suportar a conexão. Se a ponte não for estável, a estrutura pode ser irrelevante.”

Embora a teoria da linguagem do amor seja destinada a melhorar um vínculo romântico, um relacionamento sem uma base saudável pode ser incapaz de se sustentar.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Estas são as 4 táticas mais comuns usadas pelos manipuladores psicológicos

· · ·

ANÚNCIO

A manipulação

Um parceiro que funciona em um relacionamento sem empatia e responsabilidade pode não ser capaz de sustentar a proximidade emocional. Ele ou ela frequentemente opera de forma egoísta e manipula um parceiro. Em vez de usar uma linguagem de amor para melhorar o relacionamento, ele pode usar uma linguagem de amor para explorar uma pessoa.

Embora o conceito de linguagens do amor ilumine as maneiras de intensificar um relacionamento, pode ser infrutífero na ausência de proximidade emocional. Sem empatia e responsabilidade, as linguagens do amor podem ser irrelevantes. Além disso, um parceiro egoísta e manipulador pode abusar do paradigma da linguagem do amor para camuflar a incapacidade de ser autenticamente próximo.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias