Sexualidade

Fazer amor: o que realmente significa e como ter um sexo mais apaixonado

Há uma certa conotação quando falamos de duas pessoas fazendo amor em vez de fazer sexo

Há uma certa conotação quando falamos de duas pessoas fazendo amor em vez de fazer sexo. Mas existe alguma diferença real? O site MGB (em Inglês) escutou um terapeuta sexual para explicar a diferença entre os dois.

O que significa “fazer amor”?

Fazer amor é outra maneira de dizer sexo, embora geralmente haja uma implicação de que fazer amor envolve um tipo de sexo mais íntimo, romântico ou até mesmo espiritual. Quando duas pessoas fazem amor, os atos físicos são vistos como uma expressão de amor entre elas, explica a terapeuta de sexo e namoro Myisha Battle.

“Quando as pessoas dizem ‘fazer amor’, elas tendem a se referir ao sexo emocionalmente conectado, ou sexo com alguém por quem estão apaixonados”, explica ela. “Está ligado a buscadores espirituais, hippies, praticantes de Tantra ou qualquer outra pessoa que busque transcendência através do sexo.”

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Como dispensar alguém de forma clara e gentil

· · ·

O termo provavelmente surgiu em relação à ideia de namoro tradicional, observa Battle, mas desde então evoluiu de seu significado original para ter o significado que tem agora. Hoje, o termo “fazer amor” é mais comumente usado entre as comunidades mais religiosas, espirituais ou tradicionais, ou pode ser uma maneira de falar sobre sexo sem dizer a palavra “sexo”, que algumas pessoas acham muito grosseira.

Enquanto isso, outros conscientemente deixaram de usar o termo “fazer amor” por causa da maneira como ele pode criar uma hierarquia moral em torno da sexualidade, implicando que o sexo é mais valioso quando o amor romântico está envolvido - o que não é o caso de todos.

“Alguns argumentam que é um termo ultrapassado porque há mais aceitação cultural para o sexo fora do contexto de uma parceria amorosa”, acrescenta Battle. “Há também uma compreensão crescente de que todos os diferentes tipos de sexo podem conectar duas pessoas emocionalmente.”

Fazer amor versus fazer sexo

“Algumas pessoas acreditam que há uma diferença qualitativa entre ‘fazer amor’ e ‘fazer sexo’, onde fazer amor é mais profundo, até mesmo espiritual”, explica Battle. “Por outro lado, fazer sexo é mais utilitário ou menos emocionalmente conectado.”

A diferença entre fazer amor e fazer sexo é subjetiva, pois eles podem parecer e sentir exatamente o mesmo e envolver exatamente os mesmos atos sexuais, comportamentos e conexões. A maior diferença está na intenção por trás do sexo: fazer amor é usar o sexo para expressar sentimentos de amor romântico.

Sinais de que alguém está fazendo amor com você:

  • O sexo é iniciado após uma experiência ou conversa emocionalmente conectiva.
  • Há contato visual intenso durante todo o sexo.
  • Há muitos beijos antes, durante e depois do sexo.
  • Eles te abraçam durante e depois do sexo.
  • Eles são gentis e afetuosos com a forma como tocam você.
  • Há muito toque além dos genitais – eles colocam a mão na sua bochecha, entrelaçam os dedos com os seus, beijam seus ombros e coxas, etc.
  • Não há pressa; em vez disso, eles levam seu tempo com cada ato, certificando-se de que cada um seja especial.
  • Eles levam o seu tempo fazendo você se sentir bem.
  • Eles estão menos preocupados em receber de você; eles estão mais focados em dar prazer ou em prazer mútuo.
  • O sexo é mais “romântico” e “emocional” do que “sexy” ou “sujo”.
  • Eles estão dizendo coisas românticas durante o sexo.
  • Eles dizem que te amam durante o sexo.
  • Eles se aconchegam com você depois, em vez de se retirar ou adormecer.

É importante ressaltar que todas e quaisquer dessas coisas também podem estar presentes durante o sexo entre parceiros não românticos. Muitas pessoas se conectam emocionalmente com seus parceiros sexuais e gostam de ser afetuosas com seus parceiros sexuais, mesmo que não estejam apaixonados. Mesmo o sexo casual pode ser muito apaixonado, romântico e cheio de cuidado mútuo. A única maneira real de saber se alguém está usando o sexo como uma expressão de amor é se eles lhe disserem que é assim que eles se sentem sobre isso.

Como fazer amor apaixonadamente:

1. Conecte-se com seu parceiro antes do sexo.

Fazer amor começa muito antes de você chegar ao quarto. É preciso que haja uma conexão emocional já se formando entre vocês, na qual você possa se apoiar durante o sexo. Parte disso é saber exatamente como você se sente em relação a essa pessoa – quando você está confiante sobre seus sentimentos por alguém, é muito mais fácil expressar esses sentimentos por meio da intimidade.

2. Aprenda sobre suas necessidades íntimas.

“Passar um tempo antes do sexo se conectando com seu parceiro, aprendendo mais sobre eles e seus desejos e necessidades, pode permitir um sexo mais profundamente conectado”, explica Battle. “Falar sobre sexo quando você não está fazendo pode realmente aumentar a qualidade do sexo que você faz tremendamente!” Pergunte a eles exatamente o que os faz se sentir amados e conectados na cama e, em seguida, faça essas coisas quando chegar lá.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM