Saúde e Bem-estar

Dieta do ovo cozido: saiba mais sobre o plano alimentar que está na moda

Descubra se a dieta do ovo cozido é eficaz e faz bem para sua saúde

A dieta do ovo cozido é um plano alimentar que inclui dois a três ovos por dia (geralmente consumidos no café da manhã, almoço ou jantar) com outros alimentos com poucas calorias, como vegetais e algumas frutas.

A dieta do ovo cozido é de baixa caloria e de baixo teor de carboidratos, o que significa que pode ajudar você a perder peso — mas não é um plano alimentar que você pode seguir por mais de um par de semanas.

Os riscos da dieta do ovo cozido

Embora os ovos sejam um alimento saudável e não haja nada de ruim em eliminar açúcar e grãos refinados da sua dieta, é desnecessário que a maioria das pessoas se prive de alimentos como leguminosas, grãos integrais e vegetais ricos em amido.

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Dormir bem pode ser o grande segredo para perder peso; entenda o porquê

· · ·

Além disso, os ovos podem causar reações alérgicas em algumas pessoas. Embora o consumo “moderado” de ovos (cerca de um ovo por dia) não esteja associado ao aumento do risco de doenças cardiovasculares, comer muitos ovos pode desencadear problemas de colesterol.

As melhores alternativas à dieta

Em vez de seguir a dieta do ovo, considere comer ovos como parte de uma dieta mais equilibrada. A maioria das pesquisas sugere que devemos buscar uma dieta semelhante à dieta mediterrânea, que pode incluir alguns ovos, mas também muitos vegetais, frutas, peixes, legumes, grãos integrais, sementes e azeite.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM