Saúde e Bem-estar

10 maneiras práticas de encontrar a felicidade no seu dia-a-dia

Para quando você precisar de conselhos que vão além do “seja feliz”

Existem diferentes maneiros de se medir a felicidade, mas o senso comum, muitas vezes nos leva a crer que conselhor “pré-fabricados” e algumas convenções sociais como sentir-se importante, seja feliz no seu casamento ou seja ousado, é o que vai nos fazer mais felizes.

Todas essas coisas podem realmente estar associadas a uma vida mais feliz. Mas esses conselhos são inúteis porque não são acionáveis de maneira prática. Pouquíssimas pessoas batem na testa e dizem: “Tudo faz sentido agora – pensei que um casamento tenso e raivoso fosse o segredo da felicidade, mas não é!”

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Você sabe qual é a diferença entre serotonina e dopamina?

· · ·

Muito disso é descritivo e explicativo, mas não necessariamente nos ajuda a viver uma vida melhor. Pode até nos arrastar para baixo quando o segredo da felicidade é inatingível.

Em 2020, uma equipe internacional de estudiosos tentou descobrir o que de fato é a felicidade. Eles criaram 68 maneiras pelas quais as pessoas são comumente aconselhadas a aumentar sua própria felicidade e, em seguida, pediram a 18 dos mais distintos especialistas acadêmicos na ciência da felicidade para classificá-las em termos de eficácia e viabilidade. Em outras palavras, de acordo com os especialistas, essas maneiras de ser mais feliz funcionam e são viáveis.

Aqui estão os 10 primeiros, em ordem:

1. Invista na família e nos amigos:

A pesquisa mostra que, embora nosso impulso natural seja comprar coisas, devemos investir em melhorar nossos relacionamentos mais próximos, compartilhando experiências e liberando tempo para passarmos juntos.

2. Junte-se a um clube:

O “capital social” que você obtém ao se associar voluntária e regularmente a outras pessoas, seja ou não por meio de um clube formal, é conhecido há muito tempo por promover um sentimento de pertencimento e proteger contra a solidão e o isolamento.

3. Seja ativo mental e fisicamente:

Você pode tornar esse conselho tão complicado e caro quanto quiser. Mas se você gosta de manter as coisas simples, tente caminhar por uma hora e ler por uma hora (não para o trabalho) todos os dias.

4. Pratique sua religião:

Isso pode parecer impraticável se você não tem uma fé tradicional ou a pratica tradicionalmente. No entanto, para fins de felicidade, a religião pode ser entendida de forma mais ampla, como um caminho espiritual ou filosófico na vida. Busque verdades transcendentes além de sua estreita vida cotidiana.

5. Faça exercícios físicos:

Esta é uma versão ligeiramente aprimorada do nº 3 acima: sua caminhada diária deve ser complementada com um plano de exercícios intencional. Isso é consistente com a pesquisa que mostra que o exercício regular de todos os tipos melhora o humor e o funcionamento social.

6. Seja amável:

A amabilidade é consistentemente encontrada como altamente e positivamente correlacionada com a felicidade, e pode ser aumentada com relativa facilidade.

7. Seja generoso:

Comportar-se altruisticamente em relação aos outros recompensa o cérebro com aumentos de dopamina, serotonina e oxitocina que aumentam a felicidade.

8. Cuide da sua saúde:

De todos os problemas de saúde, aqueles que criam a maior infelicidade são normalmente a dor crônica e a ansiedade. Não negligencie suas visitas ao médico e ao dentista e procure assistência de saúde mental se suas emoções estiverem interferindo em seu trabalho, relacionamentos ou atividades sociais.

9. Tenha contato com a natureza:

Estudos mostraram que, em comparação com a caminhada urbana, caminhar em um ambiente de floresta reduz drasticamente o estresse, aumenta o humor positivo e melhora a memória de trabalho.

10. Socialize com colegas fora do trabalho:

Os dados mostraram que as amizades no trabalho aumentam o engajamento dos funcionários, o que está associado à felicidade e à produtividade dos trabalhadores. Acredito que a mudança para o trabalho remoto durante a pandemia baixou inadvertidamente a verdadeira remuneração do trabalho para milhões, explicando em parte a chamada Grande Demissão. O vínculo com seus colegas de trabalho é uma maneira de recuperá-lo.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM