Saúde e Bem-estar

Duas verdades que ninguém te conta sobre a diabetes tipo 2

Especialistas desvendam 2 mitos sobre a diabetes tipo 2

Diabetes

O Brasil é o quinto país em incidência de diabetes no mundo, com mais de 15,7 milhões de doentes. É isso mesmo: o país só perde para a China, a Índia, os Estados Unidos e o Paquistão, segundo o Atlas da Diabetes da Federação Internacional de Diabetes. Apesar de ser uma das condições crônicas de saúde mais comuns, ela também é “mal interpretada” pela maioria das pessoas.

1º mito: comer açúcar causa diabetes tipo 2

Um dos enganos mais comuns, já que não explica o processo completo. De acordo com a endocrinologista Mary Vouyiouklis Kellis, muitas pessoas podem comer açúcar ao longo da vida sem ter diabetes tipo 2. “É quando o corpo deixa de produzir ou usar insulina de forma eficaz que os açúcares no sangue começam a subir”, esclarece. Porém, vale lembrar que o excesso de açúcar pode levar ao ganho de peso — o que pode aumentar as chances de desenvolver diabetes.

· · ·

Recomendados

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Glicose: como manter o açúcar no sangue ‘normal’ com uma dieta anti-inflamatória

· · ·

2º mito: pessoas com diabetes tipo 2 vivem acima do peso

Não se engane! Você pode muito bem estar uma faixa de peso saudável e ter diabetes tipo 2. Especialistas descobriram que, se a sua gordura se concentra ao redor do abdômen, você tem uma chance maior de desenvolver diabetes tipo 2 — mesmo que seu índice de massa corporal esteja bem. Em outras palavras: você não pode determinar o risco de desenvolver diabetes tipo 2 apenas olhando para a aparência de uma pessoa.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM