Sexualidade

28 fetiches sexuais que são, na verdade, bem comuns

28 fetiches sexuais que são, na verdade, bem comuns

O termo “fetiche” pode evocar imagens de pessoas em macacões pretos e sexy e engenhocas sexuais complicadas, mas, verdade, você já pode estar praticando alguns dos exemplos mais comuns.

O que define um fetiche não é tanto a atividade ou objeto de desejo, mas o papel que desempenha na vida de alguém. “Um fetiche é normalmente referido como um comportamento sem o qual alguém não pode ficar sexualmente excitado. Fetiches também pode ser um termo que as pessoas usam para descrever a excitação sexual que está associada a um objeto tipicamente não sexual”, diz a sexóloga e psicóloga Denise Renye ao site Allure (em inglês).

Enquanto as pessoas costumam usar os termos “fetiche” e “fantasia sexual” de forma intercambiável, “fantasia” significa uma atividade ou comportamento que alguém gosta que existe fora da “norma” do sexo “tradicional”, como incorporar algemas ou até balões. Pense nas diferenças desta forma: se a “fantasia” de alguém é submissão, eles provavelmente ficam incrivelmente excitados quando estão amarrados. Se alguém tem um fetiche de submissão, toda a sua sexualidade pode girar em torno da restrição. (Há também a categoria de excitantes: coisas que simplesmente excitam uma pessoa).

Recomendados

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Produtos e lubrificantes a base de cannabis prometem aumentar prazer feminino

· · ·

Quando pensamos em fantasia sexual, geralmente pensamos em BDSM, que envolve uma troca de poder erótico por meio de dominação e submissão. O BDSM é estranho, mas nem todos os problemas se enquadram no guarda-chuva do BDSM. Renye acrescenta que as pessoas geralmente têm mais de uma fantasia ou um fetiche, e muitas vezes há sobreposição: por exemplo, alguém pode se envolver em surras como parte de um cenário de dramatização em que uma parceira está vestido como uma colegial e o outro como um professor. Nesse caso, o cenário envolveria dramatização, jogo de impacto e até jogo de idade.

Pesquisas sugerem que talvez metade de nós esteja interessada em atividades sexuais fora da “norma”, então, se você estiver interessado em tentar qualquer um dos seguintes fetiches, tenha certeza de que não está sozinho. E, claro, com qualquer tipo de sexo, agir em fetiches ou fantasias deve sempre envolver o consentimento entusiástico de todas as partes e práticas de sexo seguro, como o uso de preservativos, para evitar gravidezes indesejadas e ISTs. Você nunca tem que tentar nada que não seja atraente para você, mas por favor, evite humilhar os outros. Lembre-se, estamos tentando desmantelar a vergonha sexual.

Pronto para mergulhar? Aqui está uma lista de alguns dos fetiches mais comuns e o que eles implicam.

1. Jogo de Impacto

Jogo de impacto significa bater, açoitar, remar e outras formas de golpes consensuais.

2. Atuação

Atuação ou role-playing significa representar uma fantasia sexual com seu(s) parceiro(s), seja uma vez ou como parte de uma fantasia contínua.

3. Fetiche por pés

Um fetiche por pés envolve o desejo de cultuar os pés por meio de atos como massagem, beijar e cheirar.

4. Sexo Anal

Você não precisa ter um fetiche anal para se envolver em sexo anal, mas muitas pessoas se divertem especificamente com coisas relacionadas ao bumbum.

5. Lingerie

Renye diz que um dos fetiches mais comuns se concentra em algo que pode estar dentro de sua cômoda agora: lingerie. Enquanto muitas pessoas ficam excitadas com roupas íntimas sexy, lingerie se torna um fetiche quando alguém precisa estar presente em um cenário sexual para se envolver totalmente ou ter orgasmo.

6. Sexo em Grupo

Se você já entrou no Tinder, provavelmente sabe que muitos casais estão procurando por um terceiro, embora o sexo em grupo possa significar mais do que apenas um trio.

7. Jogo de Sensação

O jogo de sensação pode se referir a uma enorme variedade de atividades baseadas na recepção ou retenção de diferentes estímulos.

8. Controle do Orgasmo

“Edging”, é quando a pessoa submissa é levada à beira do clímax e depois forçado a parar – muitas vezes feito repetidamente – é um exemplo de controle do orgasmo.

9. Submissão

“Bondage” é quando um parceiro restringe o outro. Você pode amarrar seu parceiro usando objetos que você já tem por perto, como um cinto, ou comprar itens especiais, como algemas ou outros acessórios.

10. Brincadeira Psicológica

Algumas das brincadeiras sexuais mais intensas ocorrem na mente. Renye se refere ao jogo de poder psicológico – um tipo de BDSM – como “controle da mente”. O jogo psicológico envolve a implementação de uma troca de poder sexual: o jogo de humilhação, por exemplo, pode envolver um parceiro submisso que se diverte ao ser xingado. A

11. Voyeurismo e Exibicionismo

O voyeurismo – ou obter prazer sexual ao ver outras pessoas nuas ou fazendo sexo – é mais comum do que você imagina. Claro, como com qualquer outro fetiche, faça voyeurismo de forma consensual.

12. Traição

Você pode ter ouvido o termo “corno” jogado por aí como um insulto, mas a traição é uma fantasia comum que qualquer um pode desfrutar. Tradicionalmente, falando em termos de gênero, o cornudo é quando um marido assiste enquanto sua esposa faz sexo com outra pessoa.

13. Humilhação Erótica

A humilhação erótica permite que você recupere o constrangimento ao gozar nele.

14. Espectrofilia

Espectrofilia refere-se a ter uma queda por fantasmas porque às vezes os humanos não valem a pena.

15. Domínio e submissão

Dominação e submissão referem-se a uma troca de poder erótico consensual entre duas (ou mais) pessoas.

16. Autonepiofilia

Autonepiofilia significa bebês adultos. Esses seres inofensivos gostam de usar uma fralda amassada e muitas vezes têm uma “mamãe” ou outra figura dominante que cuida deles.

17. Urofilia

Urofilia é um nome chique para brincadeiras com xixi ou, como conhecemos chuva dourada

18. Sadismo e Masoquismo

Sadismo refere-se a uma pessoa, um sádico, que gosta de infligir dor. Sua contrapartida necessária são os masoquistas, aqueles que gozam ao receber a dor erótica.

19. Jogo de cera

O jogo de cera envolve pingar cera de vela quente em seu amante.

20. Vorarefilia

Vorarefilia é a infame fantasia canibal. Significa ficar excitado com fantasias de comer alguém, e o assunto ganhou as manchetes ano passado devido às alegações de agressão sexual contra o ator Armie Hammer. A única maneira segura e consensual de experimentar a parafilia é (consensualmente!) adicioná-la à sua conversa com seu parceiro. Mas, talvez espere até conhecer alguém e suas preferências antes de sussurrar: “Quero cozinhar e comê-lo vivo, querido”.

21. Quirofilia

Quirofilia é uma daquelas fantasias que soam mais distante do que é: simplesmente se refere a uma atração pelas mãos.

22. Gravidez

Sim, a gravidez pode ser o resultado do sexo, mas também pode excitar as pessoas.

23. Tentáculos

Se você já entrou em um buraco negro de busca por pornografia, pode ter tropeçado em pornografia de tentáculos de anime. E snão, não há problema em achá-lo excitante. Você só precisa de brinquedos sexuais que imitam de tentáculos de silicone seguros para o corpo para você.

24. Jogo de Idade

É fácil se assustar com a idade, mas é tão comum que você nem percebe. Desde que feita de maneira consensual e com pessoas maiores de idade.

25. Ficar com Estanhos

Se você já ficou com um estranho, talvez antes mesmo de saber o nome dele, parabéns, você já tentou jogar com um estranho.

26. Emetofilia

Alerta gatilho: a emetofilia é um fetiche sexual em que a pessoa é excitada pelo vômito. Sim, é real e é mais comum do que você pensa. Uma versão mais leve da emetofilia pode ser considerada excitante se alguém engasgar durante um sexo oral.

27. Klismafilia

Klismaphilia é a excitação de enemas (ducha íntima). Algumas pessoas, geralmente aquelas que gostam de sexo anal, preparam-se de antemão com um enema para garantir que a bagunça seja mínima (um truque também usado em sets pornográficos). No entanto, outros acham os próprios enemas excitantes. Isso pode ser parte de um fetiche médico maior e pode envolver a fantasia de um médico usando um enema em você.

28. Eletroestimulação

Envolve o uso de eletricidade para fins sexuais, e sim, pode ser feito com segurança, usando brinquedos bizarros, como através de um dispositivo para gratificação sexual. Ele tende a ser parte de uma dinâmica D/S maior.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM