Sexualidade

18 fatos sobre a vagina que você realmente precisa saber

A vagina é, provavelmente, a parte mais interessante do seu corpo

As vaginas são, possivelmente, a parte mais interessante do corpo, e há muito a saber sobre o órgão misterioso, maravilhoso e cheio de vida. Há também muitos mitos e desinformação que envolvem esse pedaço da anatomia humana. Quase 50 por cento da população possui uma vagina, e ainda assim muitas pessoas não sabem quase nada sobre ela ou sobre a vulva (muito menos o clitóris).

· · ·

Se você está gostando deste texto, é provável que também se interesse por:Essas são as posições sexuais favoritas dos brasileiros, segundo pesquisa

· · ·

Mas, isso está prestes a mudar. Temos aqui alguns fatos sobre vagina que todos deveriam saber:

  1. “Vagina” é uma das palavras mais mal utilizadas na nossa língua. Frequentemente nos referimos à vulva (que inclui os grandes lábios, pequenos lábios e a porção externa do clitóris), bem como o canal vaginal sob o termo genérico “vagina”. A vagina refere-se apenas ao canal vaginal, não a toda a vulva.
  2. O canal vaginal costuma ter entre 9,5 cm e 12,5cm.
  3. O clitóris vai muito além da porção externa (as glândulas). Todo o clitóris tem cerca de 0,5 a 2 cm de comprimento, e as glândulas externas têm menos de 1 cm. O clitóris interno é composto por extensões internas bulbosas (os bulbos vestibulares) e asas de cada lado (o corpo cavernoso).
  4. Dois em cada três pessoas com clitóris precisam de estimulação da região para atingir o orgasmo, o que significa que a maioria das pessoas que possuem vaginas não pode ter orgasmos apenas com penetração.
  5. Todos os orgasmos são baseados no clitóris. Até o ponto G está ligado ao clitóris. O ponto G é o ápice do clitóris interno.
  6. O clitóris contém mais de 8.000 terminações nervosas e é feito de tecido erétil homólogo semelhante ao do pênis. O pênis contém apenas 4.000 terminações nervosas.
  7. Seus lábios menores e maiores começarão a encolher com a idade.
  8. Pessoas com corpo feminino são capazes de se excitar durante o sono, podendo até chegar a ter orgasmos (também conhecidos como sonhos molhados).
  9. O canal vaginal pode expandir até 200% do seu tamanho normal quando estimulado. O clitóris aumenta e os lábios menores e maiores incham e assumem um tom mais escuro de rosa ou vermelho.
  10. Você não pode perder algo dentro da vagina, pois é um canal fixo e bastante raso. Assim, um tampão, vibrador ou algo do tipo nunca pode ser “perdido” lá dentro – você pode encontrar algo brevemente preso pelo colo do útero, mas é recuperável.
  11. A vagina é um órgão auto limpante. Você nunca deve lavá-la com sabão ou ducha. Isso pode prejudicar o equilíbrio do pH, levando a uma infecção.
  12. O corrimento vaginal é perfeitamente normal e varia de pessoa para pessoa. O aspecto normal é geralmente de cor esbranquiçada bem clara ou como uma clara de ovo.
  13. Não há absolutamente nenhuma maneira de deixar sua vagina “frouxa” ou “larga” por fazer muito sexo. Isso é um mito. Sua vagina pode se esticar para acomodar a cabeça de um bebê e depois retornar ao tamanho normal (embora após uma episiotomia, sua vagina possa se sentir diferente após o parto). A única coisa que o deixa mais solta é o enfraquecimento dos músculos de Kegel, que ocorre com a idade.
  14. Os pelos pubianos protegem a vagina das bactérias e atuam como uma barreira contra o atrito. Depilar os pelos pubianos tem sido associado a uma maior probabilidade de contrair ISTs.
  15. Além disso, seus pelos pubianos secretam feromônios, que é o que atrai os parceiros.
  16. Os preservativos não protegem 100% das ISTs. As infecções podem ser contraídas pelo contato pênis-vulva ou vulva-vulva.
  17. Todas as mulheres possuem a glândula de Skene. Esta glândula está localizada perto da uretra e do ponto G. Quando estimulada, a glândula de Skene se enche com um fluido semelhante à próstata, que pode ser expelido. Algumas mulheres possuem essa funcionalidade, mas a grande maioria, não. Ninguém sabe ao certo por que isso acontece, mas algumas mulheres são capazes de projetar o fluido (ejaculação feminina) e outras não.
  18. Vulvas e vaginas não são de tamanho único. Vaginas vêm em uma variedade de formas, tamanhos e cores. Sua vagina é perfeitamente normal do jeito que é. Portanto, celebre o seu amor à vulva.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM