Saúde e Bem-estar

Transtorno bipolar e fase maníaca psicótica: o que é, sintomas, causas e tratamentos

Nesta semana foi divulgado laudo que comprova que mulher flagrada com sem-teto sofre de bipolaridade e se encontrava em ‘em fase maníaca psicótica’

O caso da comerciante Sandra Mara Fernandes, de 33 anos, que foi flagrada pelo marido tendo relações com uma pessoa em situação de rua tem ganhado os noticiários e despertado a curiosidade de muitos à respeito do transtorno bipolar, condição da qual a Sandra Mara sofre, de acordo com o seu marido.

Segundo matéria publicada pelo site do jornal O Globo, foi divulgado nesta semana um laudo elaborado por médicos do Hospital Universitário de Brasília, que conclui que a comerciante de Planaltina (DF), apresenta sinais de “transtorno afetivo bipolar em fase maníaca psicótica”.

Leia mais: Estes 5 exercícios vão te ajudar a melhorar sua saúde mental

O transtorno bipolar

Mas o que de fato pode ser identificado com a condição que afeta Sandra? A plataforma de atendimento psicológicos, Vittude, define a doença como “um transtorno cerebral que causa mudanças incomuns no humor, na energia, nos níveis de atividade e na capacidade de realizar as tarefas do dia-a-dia.”

Ainda segundo a plataforma, o transtorno bipolar atinge cerca de 4% das pessoas em idade adulta. O número de pessoas diagnosticadas com este quadro pode chegar a 6 milhões de pessoas no Brasil. A doença costuma se manifestar entre os 15 e 19 anos de idade, mas o diagnóstico pode ser demorado, levando cerca de 10 anos.

O transtorno bipolar pode ter uma série de causas, como fatores genéticos, traços biológicos, desequilíbrios cérebro-químicos, problemas hormonais ou fatores ambientais. No entanto, maioria dos pesquisadores concordam que não há uma única causa. Em vez disso, é provável que muitos fatores contribuam para o surgimento da doença ou aumentem o risco.

Fase depressiva e fase maníaca

Pessoas que sofrem com transtorno bipolar costumam apresentar dois quadros específicos de humor quando estão enfrentando uma crise: a fase depressiva e a faze maníaca (eufórica). De acordo com a plataforma Vittude, às vezes, uma pessoa com episódios graves de mania ou depressão também tem sintomas psicóticos, tais como alucinações ou delírios.

Tratamentos

Os tratamentos para pessoas que sofrem com transtorno bipolar incluem o uso de remédios estabilizadores de humor, antipsicóticos, psicoterapia, atividade física regular, psicoeducação e acompanhamento para controle de peso.

O transtorno bipolar no audiovisual

Se você tem curiosidade e deseja entender um pouco melhor sobre a doença, suas causas, fases e tratamentos, a série da Netflix ‘Spin Out’ pode ser uma boa maneira para começar. A produção apresenta a história de Kat Baker (Kaya Scodelario), uma patinadora artística que sofre com a condição enquanto tenta equilibrar suas relações amorosas, familiares e seu sonho de se tornar campeã olímpica.

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM