Comportamento e Relacionamento

5 segredos para ter uma vida mais feliz, segundo psicólogo da Universidade de Harvard

São atitudes simples, mas que prometem levar à felicidade

Tal Ben-Shasar (em inglês), psicólogo e professor da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, ficou conhecido por criar uma lista de cinco segredos para ter uma vida mais feliz. O sucesso das suas sugestões foi tão grande que ele começou a prestar consultoria e palestras em todo o mundo para executivos de grandes empresas. Então, fique atento aos seus tópicos, como divulgado (em espanhol) no portal Nueva Mujer.

· · ·

Se você está curtindo este texto, é provável que também se interesse por:Déficit de atenção: conheça os principais sintomas desse problema

· · ·

Simplicidade

Identifique e concentre as suas energias naquilo que é mais importante para você. As pessoas que assumem muitas tarefas ou desafios também enfrentam uma escassez de tempo, o que causa estresse.

Aceitação das emoções

Permita-se sentir todas as emoções, incluindo medo, tristeza e ansiedade. Ben-Shahar lembra que a felicidade constante não existe, e esperar isso só leva à frustração.

Cuidado com a mente e com o corpo

A atividade física não é boa apenas para o corpo, mas também é fundamental para a manutenção da saúde mental. Os exercícios liberam endorfina, neurotransmissores que proporcionam uma sensação de prazer e ajudam a aliviar o estresse e a ansiedade.

Boas relações interpessoais

O ser humano é um animal social, ou seja, precisamos do contato com outras pessoas — embora ele deva ser equilibrado com o tempo a sós. Isso ajuda a melhorar a autoestima e a formar laços importantes para o crescimento pessoal.

Resiliência

A pessoa resiliente é aquela que sabe se adaptar a situações adversas, e isso se deve à sua inteligência emocional, ou seja, o autoconhecimento para ter tolerância e ser flexível em relação às mudanças.

· · ·

Aviso

Este texto não fornece soluções para problemas médicos e/ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de iniciar qualquer tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a conteúdos exclusivos: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook. Aproveite e compartilhe os nossos textos. O seu apoio ajuda a manter este site totalmente gratuito.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM