Estilo de Vida

Móveis curvos em alta: saiba mais sobre a tendência

Você vai amar ter um em casa

Os móveis curvos e orgânicos vieram com tudo em 2021 para tirar de cena aquele cenário de linhas retas que dominou a decoração por muito tempo. E sabia que esse tipo de móvel pode até influenciar nosso bem-estar?

Leia também:

Como transformar o banheiro sem fazer uma reforma

Eles são um retorno dos anos 1960 e 1970, onde bombaram e muito durante essa época, e trazem formas mais suaves e elegantes para o nosso ambiente, até com um toque divertido, mas precisam ter bom gosto para serem aplicadas. Por isso, foram até abominadas por um certo tempo, mas acabaram voltando com tudo para os anos atuais.

Quais as vantagens de ter móveis curvos?

As formas curvas possibilitam criar um espaço único no ambiente, deixando o visual mais limpo e agradável, e sendo até mais seguro para crianças ou animais de estimação, já que não tem nada pontiagudo para nos preocupar.

Os móveis curvos trazem mais suavidade ao espaço, criando o contraste entre os lugares que tanto falamos por aqui, deixando eles mais harmoniosos e criando um bem-estar instantâneo na decoração.

Além disso, servem também como uma obra de arte, mas sem perder sua funcionalidade, e podem ser usados como peça principal dentro do local, não necessitando de mais itens para preencher o espaço, servindo de destaque.

E se você precisa de mais incentivos para investir nos móveis curvos, eles ainda trazem uma melhor circulação para o ambiente, principalmente os ambientes pequenos, acomodando mais pessoas em uma menor área, deixando o espaço mais confortável.

⋅ ⋅ ⋅

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

⋅ ⋅ ⋅

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM