Comportamento e Relacionamento

Insolação: este é o passo a passo para ajudar uma criança que foi afetada

Insolação é tema séria — sobretudo entre os pequenos — e deve ser cuidada do jeito certo

Criança na praia

Você sabia que a insolação atinge, principalmente, as crianças? A explicação é simples: em relação aos adultos, os pequenos são muito mais sensíveis às mudanças da temperatura no ambiente. E, se a situação não for controlada rapidamente, pode causar problemas graves.

Como identificar a insolação

De acordo com o site especializado em saúde infantil Children’s Health (em inglês), os principais sintomas de insolação em crianças são:

  • Confusão e desorientação
  • Dor de cabeça
  • Fadiga e/ou fraqueza
  • Náuseas, vômitos e/ou diarreia
  • Pele quente, úmida e avermelhada
  • Perda de consciência
  • Pulso e respiração rápidos
  • Temperatura corporal acima dos 40 graus

· · ·

Recomendados

Você está curtindo este conteúdo? Então é provável que se interesse por este outro texto:4 alimentos que vão aumentar seus níveis de vitamina D

· · ·

O que fazer em caso de insolação

A primeira atitude é levar a criança a um lugar com temperatura mais baixa. Segundo o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (em inglês), também é recomendado deitar e levantar os pés dos pequenos, assim como é feito com pessoas que desmaiam.

Além disso, você deve oferecer água para hidratar e refrescar a pele com uma toalha úmida. Você pode usar compressas frias no pescoço e nas axilas.

Dessa forma, a situação deve melhorar em 30 minutos. Se, após esse período, não houver uma mudança positiva no quadro, é preciso levar a criança rapidamente a um centro de saúde.

· · ·

Atenção: este texto não tem como objetivo fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Siga a NOVA MULHER nas redes sociais para ter acesso a conteúdos exclusivos: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe nossos textos. Cada contribuição é muito valiosa para a nossa equipe de redatores e jornalistas, e o seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM