Estilo de Vida

Anote! 8 razões pelas quais algumas mulheres não atingem o orgasmo

De acordo com pesquisas, diferentes fatores influenciam o orgasmo

No orgasmo, de acordo com pesquisas, diferentes fatores influenciam: psicológicos, emocionais a físicos e hormonais. Alguns nunca experimentaram isso em suas vidas inteiras.

O orgasmo feminino é a maior sensação na relação sexual que toda mulher em sua vida deseja experimentar, pelo menos uma vez. Atualmente, essa sensação sexual permanece um mistério, até mesmo para os próprios cientistas.

No entanto, nem todas conseguem experimentá-lo. Algumas até confessam que nunca sentiram um. 

Estudos mais avançados indicam que de uma média de 50 mulheres, apenas 5% experimentam intensamente durante a relação sexual com o parceiro.

No orgasmo, de acordo com pesquisas, diferentes fatores influenciam: psicológicos, emocionais a físicos e hormonais.

Apresentamos aqui as principais causas, de acordo com dados da BBC Mundo, por que você ainda não experimentou em sua vida:

Experiências negativas

Se a mulher passou por uma situação traumática no passado que a bloqueia em suas relações sexuais. Isso pode impedi-lo de atingir o orgasmo e é recomendável que você procure ajuda profissional.

Apressado e estressado

Um dos principais fatores observados em pacientes com ausência de orgasmo é o estresse com que chegam ao encontro sexual. Para que o corpo alcance o orgasmo facilmente, ele precisa de um grau bastante alto de relaxamento.

O silêncio

Muitas pessoas acham difícil durante o relacionamento orientar o parceiro, pedir certas mudanças, certos ajustes, na prática sexual. Um foco importante do tratamento é normalizar a comunicação não apenas antes e depois do encontro sexual, mas durante.

Falta de estimulação

A falta de estimulação é um grande problema para atingir o orgasmo feminino. O fundamental é a mulher explicar ao parceiro (homem ou mulher) o que fazer, como, com que ritmo e em que parte do corpo.

Falta de desejo sexual

A falta de desejo de ter uma relação sexual, depressão, traumas psicológicos, o uso de certos medicamentos e distúrbios hormonais podem ter impacto no relacionamento sexual e, portanto, na vivência do orgasmo. Estudos especializados indicam que o desejo sexual pode diminuir se os níveis naturais de testosterona da mulher caírem.

+ SEXO

  1. “A pepeca tá ON”: Maria Bopp estreia série de autoconhecimento sobre o corpo das mulheres
  2. Este é o vibrador mais vendido na Amazon e as brasileiras estão encantadas
  3. Além do clitóris: os pontos que permitem as mulheres conquistarem orgasmo
  4. Especialista compartilha dica sobre como aumentar a tensão sexual durante o sexo

A obsessão

Ter traços de personalidade, como autodeterminação, ser controlador, obsessivo e perfeccionista, o impede de atingir o orgasmo. Todos esses fatores criam uma tensão focada em seu próprio desempenho. O remédio? Relaxamento e prazer são mais uma vez a chave.

Dor na relação sexual

No campo ginecológico, existem fatores que também afetam a capacidade da mulher de atingir o orgasmo. Um deles é o vaginismo, que é a contração involuntária dos músculos do terço inferior da vagina, tornando a relação sexual dolorosa ou impossível.

Problemas com seu parceiro

Ter problemas de relacionamento e escondê-los também pode afetar sua falta de orgasmos. O importante é conversar com seu parceiro, manter uma comunicação fluida e honesta para superar todos aqueles problemas que podem afetá-lo.

LEIA TAMBÉM

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM