Filmes e Séries

Conheça a história d’As Gêmeas Silenciosas, o caso real que inspira “Coringa: Folie à Deux”

O filme que traz Lady Gaga no papel de Harley Quinn é uma das estreias mais esperadas da temporada

Conheça a história d’As Gêmeas Silenciosas, o caso real que inspira “Coringa: Folie à Deux”

Coringa: Folie à Deux”, sequência do filme de sucesso de 2019, está em plena produção e dará continuidade à história de Arthur Fleck (Joaquin Phoenix), já transformado no Palhaço Príncipe do Crime. Juntando-se a ele estará Harley Quinn (Lady Gaga) para completar a dupla criminosa romântica e psicopata. Precisamente, o as origens deste novo personagem podem ser inspiradas em eventos reais.

De acordo com as origens tradicionais do personagem, Harley Quinn era uma pessoa mentalmente sã antes de Coringa cruzar seu caminho. Seu nome verdadeiro é Harleen Frances Quinzel, uma médica que trabalha como psiquiatra no Arkham Asylum, tratando de presos para ajudá-los a se recuperar melhor.

Porém, quando a médica conhece o Coringa, é ela quem, seduzida pela personalidade excêntrica e avassaladora do inimigo de Batman, acaba mergulhada em uma espiral de loucura e amor que a faz abandonar tudo e ajudar o vilão em seus planos malignos.

Justamente esse tipo de síndrome psiquiátrica compartilhada é conhecida como “folie à deux”, título do filme. Expressão francesa cuja tradução literal poderia ser algo como “loucura a dois” ou “loucura compartilhada” e que se refere a uma estranha síndrome psiquiátrica em que um sintoma psicótico, como paranoia ou delírio, é compartilhado ou “espalhado” para outra pessoa.

No mundo da psicologia existem vários estudos de caso. Como o Comic Book Resources coleta, um daqueles que podem ser semelhantes ao que será mostrado no longa, é a das “Gêmeas Silenciosas” nos anos 1970 e 1980.

Essas irmãs eram filhas de um casal de origem caribenha que morava no Reino Unido. Devido ao racismo da época, sofriam constantes assédios e bullying de seu meio, então aos poucos começaram a se isolar e só conversar entre si. Sua condição antissocial crescia cada vez mais, a ponto de desenvolverem uma linguagem própria que só elas compreendiam.

O caso teve tanta notoriedade na época que, em 2022 acabou virando um filme dirigido pela polonesa Agnieszka Smoczyńska. Uma das irmãs, June, é interpretada por Letitia Wright, estrela de Pantera Negra, da Marvel. Tamara Lawrance, uma atriz britânica, vive Jennifer, a outra gêmea. O filme foi exibido no Festival de Cannes e descrito pelo Screen Daily como “um drama intencionalmente desafiador, às vezes abrasivo”.

Crimes e sacrifícios

À medida que cresceram, e apesar de terem sido separadas em dois internatos diferentes e estudados por diferentes equipes médicas, quando se reencontraram a sua ligação ainda estava intacta. Assim, já na adolescência começaram a experimentar álcool e drogas, cometendo crimes de roubo, assalto e até incêndio criminoso.

Por fim, as jovens foram presas e internadas no hospital psiquiátrico de alta segurança em Broadmoor, onde passaram vários anos. As duas tinham um pacto, se uma morresse a outra tinha que começar a falar e viver como uma pessoa normal. Assim, um dia antes da soltura, uma delas morreu, supostamente de causas naturais. A irmã viva garante que uma se sacrificou pela outra.

Este caso de loucura compartilhada é o mesmo entre Coringa e Harley Quinn, que desenvolverão uma conexão tão profunda que só eles são capazes de entender. E tudo porque, assim como as Gêmeas Silenciosas, a sociedade os rejeita por motivos diferentes. Arthur é um homem com problemas mentais e Harley (nome verdadeiro Harleen) é uma pessoa pouco sociável e sem amigos. Seu ostracismo é sua ruína.

Mas, além disso, em sua história, a desordem não ocorre ao mesmo tempo. Arthur vive com ela para sempre, induzindo Harley. Algo semelhante a outro caso de folie à deux estudado em 2018, aconteceu à um casal que sofreu algo semelhante. A esposa era mentalmente saudável, mas o marido não. No final, ela acabou sucumbindo aos delírios dele. Exatamente a mesma história entre Harleen e Coringa.

Esta descida aos infernos da mente e suas consequências caóticas e terríveis estarão em “Coringa: Folie à Deux”, que está em plena filmagem. O filme, novamente dirigido por Todd Phillips, será lançado nos cinemas em 4 de outubro de 2024.

· · ·

+ SÉRIES E FILMES:

Barbie Ferreira revela verdadeiro motivo de ter deixado “Euphoria”: “eu nunca saí do set”

Anne Hathaway e Michaela Coel serão casal em novo drama da A24

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM