Famosos

Jennifer Lawrence revelou que teve dois abortos antes de ser mãe pela primeira vez

A atriz que será capa da Vogue na próxima edição de outubro, falou abertamente sobre maternidade e carreira

Jennifer Lawrence revelou que teve dois abortos antes de ser mãe pela primeira vez

Seis meses se passaram desde que Jennifer Lawrence se tornou mãe aos 31 anos com o marido, o dono de galeria de arte Cooke Maroney. A atriz, que é bem reservada e não costuma falar sobre sua vida privada, resolveu quebrar o silencio e contar alguns detalhes de sua maternidade e como sua vida mudou, em uma entrevista para a capa da edição de outubro da Vogue.

Ela finalmente revelou que ela e Maroney tiveram um filho a quem deram o nome de Cy, em homenagem a um dos artistas favoritos de seu marido, o pintor americano Cy Twombly.

Segundo Lawrence, a maternidade a fez refletir sobre questões como o aborto, com o qual ela sempre foi a favor, mas agora de um ponto de vista diferente. A atriz, vencedora do Oscar em 2013 por seu papel em ‘O Lado Bom da Vida’, anunciou que, antes de ter o primeiro filho, sofreu dois abortos. O primeira, na casa dos vinte (ela não revela quando exatamente), quando já havia decolado na indústria cinematográfica. Naquela época, ela decidiu interromper a gravidez, mas antes de fazer isso, ela teve um aborto espontâneo.

A segunda vez foi em 2020, durante as filmagens do filme da Netflix ‘Não Olhe Pra Cima’. Na entrevista, a intérprete diz que depois quis continuar com a gravidez, mas que perdeu o bebê, e que precisou passar por uma operação para retirar parte do tecido do útero. Na época da entrevista à Vogue, no final de junho, o tema do aborto era muito atual nos EUA após a revogação do direito ao aborto pela Suprema Corte.

A maioria dos membros deste órgão judicial foi eleita durante o mandato de Donald Trump, e a atriz não hesitou em comentar sobre o ex-presidente dos EUA: “Parte meu coração porque a América teve que escolher entre uma mulher [Hillary Clinton] ou uma perigoso ‘pote de maionese’ [Trump]. Então eles disseram: ‘Bem, não podemos ter uma mulher. Vamos com o ‘pote de maionese’”, desabafou Lawrence.

Embora a atriz não tenha dado mais detalhes sobre como é seu filho, ela se concentrou em explicar as preocupações que enfrenta após sua recente maternidade. “Meu garotinho vai crescer e vai ter que ir para a escola um dia. As armas são a principal causa de morte de crianças nos Estados Unidos. E as pessoas continuam a votar em políticos que recebem dinheiro da National Rifle Association. Isso me deixa chocada”, diz ela.

Outro dos medos que Lawrence revelou ter passado durante a gravidez foi o de falar publicamente sobre o assunto. “É assustador, mas só porque é diferente em cada corpo. Se eu dissesse: ‘É maravilhoso desde o início’, as pessoas pensariam que, no caso delas, não era e ficariam tristes”, explica a atriz.

Afastada de sua família devido às diferentes ideologias políticas desde as eleições de 2016, ela agora tenta redirecionar o relacionamento por meio de seu filho recém-nascido. A ajuda de um terapeuta foi essencial para o processo: “Trabalhei muito nesses cinco anos para perdoar meu pai e minha família e tentar entendê-los”.

Para a atriz, a revogação do direito ao aborto foi a gota d’água. Embora tenha sido criada em uma família conservadora, sua ideologia mudou na adolescência. Apesar das diferenças, a atriz tem a solução perfeita para mitigar o tráfego de mensagens políticas em grupos familiares: enviar fotos de bebês.

· · ·

+ NOTÍCIAS:

Lindsay Lohan é a estrela de nova comédia romântica na Netflix

‘A Casa das Sete Mulheres’ entra para o catálogo Globoplay; relembre trama e personagens

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM