Zendaya revela que recusará personagens femininos superficiais e aumenta a expectativa com novo filme da Netflix

Siga

Nova Mulher
Reprodução / Instagram @zendaya via QG

Zendaya, a atriz mais jovem a ganhar um Emmy de melhor atriz em série dramática pela personagem Rue, em “Euphoria”, revelou que deseja construir uma carreira de relevância, recusando papeis para  personagens femininas cujo desenvolvimento não seja tão profundo.

Em entrevista para a GQ, a atriz de 24 anos contou que rejeitou diversos roteiros durante o ano de 2020: “Não era necessariamente porque era ruim ou algo assim. Eu senti que muitos dos papéis que estava lendo, especificamente papéis femininos, eu poderia ter interpretado todis como a mesma pessoa e isso não teria importância”, apontou.

Zendaya também apresentou que esses personagens “têm o propósito de ajudar o personagem masculino a chegar aonde deve ir, fazer o que tem que fazer”, então não significavam um “desafio” para ela.

“Eles geralmente parecem muito unidimensionais, no sentido de que não têm muitas camadas, o que significa que todos se parecem muito com a mesma pessoa repetidamente. Teria sido ótimo e teria sido bom, mas eu não teria crescido em nada”, explicou.

Confira mais sobre “Euphoria”:

As revelações certamente deixam a espera por “Malcolm & Marie”, filme da Netflix que estreará em 5 de fevereiro de 2021, ainda mais especial. O projeto foi rodado durante a quarentena e permaneceu como um mistério durante um bom tempo.

Confira o trailer: