Beleza

Saiba quais ácidos usar para uma pele mais bonita e saudável

Com tantos nomes e fórmulas surgindo no mercado, fica até difícil acompanhar tudo, né? Mas vem que a gente te ajuda

Saiba quais ácidos usar para uma pele mais bonita e saudável

Os ácidos são os queridinhos da vez para os cuidados com a pele. Hialurônico, ascórbico, glicólico, são tantos os nomes e composições que a gente fica até confusa, né? Mas agora você pode ficar tranquila, pois te explicamos aqui quais deles você pode usar, em que ordem e para o que servem para uma pele mais bonita e saudável.

O uso de ácidos na rotina de skincare promete uma pele mais viçosa, saudável, prevenir o envelhecimento e suavizar e prevenir as rugas. Mas vamos lá entender o que cada um faz direitinho. Afinal, alguns deles exigem maior cuidado, outros já são mais leves, mas independente disso, nunca se esqueça do protetor solar dentro e fora de casa.

Ácido ascórbico

Este ácido é mais conhecido como a boa e velha Vitamina C, um potente antioxidante com propriedades reparadoras, renovadoras e por devolver o viço na pele. O ascórbico é a forma pura da vitamina C, mas é uma estrutura molecular que oxida facilmente, perdendo suas propriedades ao entrar em contato com água, luz e ar.

Ácido glicólico

Presente em plantas açucareiras, o glicólico, também conhecido como ácido hidroxiacético, é altamente solúvel em água. Ele é ótimo para o tratamento das cicatrizes de acne e a aparência da pele, pois ele promove a renovação celular (esfoliação), o que, por sua vez, melhora sua textura e suas manchas. No entanto, ele pode ser irritante para quem tem pele sensível.

Ácido salicílico

O ácido salicílico tem origem natural, derivado da salacina, que é encontrada na casca de salgueiros, e é uma substância anti-inflamatória. Apesar disso, atualmente, costuma ser produzido sinteticamente em grande escala. O composto entra na categoria dos beta hidroxiácidos (BHA), poderoso e multifuncional, que realmente é maravilhoso para quem procura produtos para cuidar melhor da pele acneica e remove as células mortas da pele. Este ácido tem função esfoliante e penetra profundamente nos poros ajudando a limpá-los.

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico é produzido naturalmente pelo nosso corpo até completarmos 25 anos, e partir de então, com o tempo, se reduz drasticamente. E é aqui que entra a prevenção (na pele jovem) e o tratamento (na pele madura). Este ácido nos cosméticos é um super hidratante regenerador celular e um ótimo aliado no combate ao envelhecimento precoce da pele.

Ele é ideal para pele seca, pois retém uma grande quantidade de água, o que impede a desidratação da pele. Ele não possui ação esfoliante e não agride a cútis.

Ácido retinóico

O retinol e o ácido retinóico aparecem em várias listas como ingredientes importantes para quem quer tratar a pele com acne e cravos. Os ingredientes se apresentam como uma forma potente e sintética da Vitamina A. Por ser o mais potente, o seu uso é controlado com receita médica (tanto nos industrializados como nos manipulados).

O composto pode também ser encontrado em “versões” naturais, como Sytenol A e Revinage, com as mesmas propriedades do original.

· · ·

+ BELEZA:

Beleza: confira essas dicas para uma rotina de skincare mais fácil e prática

5 cuidados com os cabelos na primavera para eles ficarem lindos e mais hidratados

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM