Beleza

Oilplaning é o novo substituto do dermaplaning

Saiba como essa novidade pode melhorar sua pele

Você já conhece o dermaplaning? Essa técnica conhecida como barbear facial é feita há séculos e ajuda muito na preparação para ter uma pele mais suave e brilhante, utilizando uma lâmina facial única que remove a pele morta e os pelos finos que são encontrados no rosto, assim como a penugem.

Leia também:

Suplemento de colágeno: vale a pena investir nessa tendência?

Quem já é adepta dessa técnica vai amar a novidade, já que as peles secas podem não conseguir utilizar muito e ganham uma versão apenas para elas: a oilplaning, um modo mais suave que ajuda a nutrir e hidratar a pele, trazendo também os benefícios originais do dermaplaning.

Esse é um dos tratamentos favoritos dos maquiadores também, já que ajuda a base a deslizar melhor na pele, além de poder ter um melhor e mais natural acabamento na mistura dos produtos, auxiliando também a reduzir os poros bloqueados e as acnes que podem aparecer por conta do acúmulo de células mortas na pele.

“O dermaplaning é uma forma alternativa de ressurgir levemente a pele”, diz o Dr. Stafford Broumand, cirurgião plástico certificado pelo Conselho Americano de Cirurgia Plástica e especialista em tratamento cosmético. “É um segredo de pele incrível não apenas para mulheres que gostariam de remover os pelos faciais, mas pode ser benéfico para quem deseja esfoliar a camada superficial”.

No oilplaning, o tratamento vem junto com o uso de um óleo facial antes ou depois de limpar o rosto. Ao usar o óleo facial antes do dermaplaning, sua pele sofre menos atrito e desliza mais facilmente, com menos resistência e irritação. Para fazer, é só massagear o óleo na pele já limpa, e ir segurando a pele com uma mão, a lâmina com a outra em um ângulo de 45 graus, e deslizar suavemente pela superfície da pele em direção ao crescimento dos pelos, em movimentos curtos.

Agora, se você tiver uma área de irritação, vermelhidão ou erupção, é melhor evitá-las completamente no processo, além de lavar o rosto depois de finalizar. Para ter melhores resultados, um dos óleos mais escolhidos é o esqualeno derivado de plantas, que ajuda a reparar a barreira hidrolipídica da pele, evitando a perda de água e sendo ótima para uma pele desidratada.

Pronta para apostar nessa técnica?

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

Tags

Últimas Notícias


LEIA TAMBÉM