Receitas

Reduza rugas e manchas do rosto com esta máscara caseira de mel, óleo de coco e açúcar

O mel, por exemplo, possui propriedades antioxidantes, antissépticas, cicatrizantes, hidratantes e antibacterianas.

Mulher se olhando no espelho
Reprodução/Pexels (pexels.com)

O mel é um ingrediente que possui diversas propriedades nutritivas que trazem benefícios à saúde. Versátil, ele é bastante utilizado para adoçar sobremesas, dar um toque agridoce aos pratos salgados, e muito mais.

ANÚNCIO

No entanto, o que muita gente não sabe é que existe a possibilidade usá-lo também no preparo de poderosas máscaras faciais caseiras. E, algumas dessas máscaras, quando feitas com os componentes certos, são perfeitas para reduzir rugas e manchas do rosto.

Sendo assim, se você deseja uma pele jovem, bonita e saudável, a seguir vamos mostrar como fazer uma simples e rápida máscara à base de mel, óleo de coco e açúcar que pode ajudar.

De acordo com informações do portal Soy Carmín (onde a receita foi extraída), o mel possui propriedades antioxidantes, antissépticas, cicatrizantes, hidratantes e antibacterianas. É ideal para reduzir rugas, manchas, acelerar o processo de regeneração celular, eliminar o excesso de oleosidade e combater a acne.

Contudo, antes de aplicar qualquer solução caseira na pele, lembre-se: é muito importante procurar um dermatologista e seguir as suas orientações para evitar reações adversas. Agora, veja a receita:

Ingredientes

- 1 colher de mel

- 1 colher de sopa de óleo de coco

ANÚNCIO

- 1 colher de açúcar

Modo de preparo

Coloque o óleo de coco em um recipiente e leve para derreter no micro-ondas. Em seguida, adicione o mel e o açúcar, e misture até obter uma pasta homogênea.

Aplicação

Lave o rosto adequadamente e aplique a máscara com os dedos. Deixe agir por 10 minutos. Enxágue e finalize com um hidratante. Repita o procedimento duas vezes por semana.

· · ·

Aviso

Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

· · ·

Siga e compartilhe

Você gostou deste conteúdo? Então siga a NOVA MULHER nas redes sociais para acompanhar mais novidades e ter acesso a publicações exclusivas: estamos no Twitter, no Instagram e no Facebook.

Aproveite e compartilhe os nossos textos. Seu apoio ajuda a manter este site 100% gratuito. Cada contribuição é muito valiosa para o trabalho da nossa equipe de redatores e jornalistas.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias